Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Regressam os resultados à bolsa portuguesa e as negociações para o Brexit em Bruxelas. Hoje também é dia de reacções ao que foi dito em Jackson Hole no final de sexta-feira e aos estragos causados pelo furacão Harvey.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Nuno Carregueiro 28 de agosto de 2017 às 07:30
Brexit com terceira ronda de negociações

Arranca esta segunda-feira, em Bruxelas, a terceira ronda da primeira fase das negociações dos termos para efectivar o Brexit, que deverá terminar a 31 de Agosto. O governo britânico informou já que a agenda inclui assuntos de "natureza técnica", antes de conversações mais substanciais no próximo mês, e que espera "flexibilidade" e "vontade de compromisso" para assuntos como a elevada factura a pagar pelos britânicos, no âmbito do orçamento comunitário. David Davies, o ministro responsável pelas negociações por parte do Reino Unido, afirmou que nesta ronda de negociações quer flexibilidade para tratar nomeadamente de direitos de cidadãos.



Reacção a Jackson Hole

Depois de uma semana inteira à espera das palavras de Mario Draghi e Janet Yellen em Jackson Hole, só no final de sexta-feira os investidores ouviram as palavras dos líderes do BCE da Fed, pelo que só hoje os mercados irão reagir totalmente ao que aconteceu nos Estados Unidos. Sendo que, tal como esperavam os analistas, nenhum dos dois responsáveis fez declarações de relevo quanto ao rumo da política monetária nos dois blocos económicos. 

 

Mario Draghi, que não deu indicações sobre o processo de retirada do programa de compra de activos, defendeu que a inflação na Zona Euro ainda não é sustentada, não está na meta pretendida e que o BCE tinha de manter a guarda e continuar vigilante. Já Janet Yellen não falou sobre a evolução das taxas de juro nos EUA, o que foi suficiente para o dólar perder valor, levando o euro a renovar máximos de Janeiro de 2015.



Presidente da França reúne-se com Angela Merkel

Emmanuel Macron, Presidente da França, reúne-se com a chanceler alemã, Angela Merkel, com o primeiro-ministro italiano, Paolo Getiloni, e com o presidente do governo da Espanha, Mariano Rajoy, para analisar diversos assuntos sobre o futuro da União Europeia, incluindo a questão da imigração. O encontro acontece em Paris.


Pharol apresenta resultados

A época de apresentação de resultados do primeiro semestre na bolsa portuguesa ainda não terminou, sendo que para hoje estão agendados os resultados da Pharol. A empresa portuguesa liderada por Palha da Silva tem na posição accionista da Oi o seu principal activo, pelo que os seus resultados estão fortemente dependentes das contas da operadora brasileira que continua em processo de recuperação judicial. Nos primeiros seis meses do ano a Oi agravou os prejuízos em 32,9% para 3,5 mil milhões de reais.

 


Harvey impulsiona cotações da gasolina

Os estragos provocados pelo furacão Harvey levaram ao encerramento de muitas refinarias na região do Texas, que no conjunto representam cerca de 10% da capacidade de produção nos Estados Unidos (2 milhões de barris por dia). O que provocou uma forte subida da gasolina nos EUA, com a cotação dos futuros para entrega num mês a dispararem quase 7%.  No caso do petróleo o impacto foi muito menos intenso, com os futuros sobre o WTI em Nova Iorque a subirem apenas 0,3%.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar