Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta terça-feira teremos os dados finais do PMI na Zona Euro. Além disso, a política monetária norte-americana estará em destaque, bem como o cumprimento das prioridades da entidade reguladora do mercado de capitais dos EUA.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 05 de setembro de 2017 às 07:30
PMI da Zona Euro no centro das atenções

Esta terça-feira teremos novos dados económicos que permitirão medir o pulso às economias. Na Zona Euro, o destaque vai para os dados do índice PMI para serviços e indústria relativos a Agosto.

Fora da Europa, estarão em foco as encomendas à indústria nos EUA em Julho, bem como a produção industrial do Brasil (também referente a Julho). 



Política monetária em destaque nos EUA

A política monetária estará em destaque do outro lado do Atlântico nesta terça-feira. Lael Brainard, membro do conselho de governadores da Reserva Federal, é oradora num evento que decorre durante um pequeno-almoço no Economic Club de Nova Iorque.

Por outro lado, o presidente da Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, discursa num outro evento, na Carlson School of Management da Universidade do Minnesota. Já o presidente da Reserva Federal de Dallas, Robert Kaplan, fala num evento no Dallas Business Club.



Congresso dos EUA tem até dia 30 para preparar financiamento federal

O Congresso dos Estados Unidos regressa da pausa de Agosto com apenas algumas semanas para aprovar um projecto de lei provisório relativamente aos gastos federais, de modo a permitir que o governo seja financiado após 30 de Setembro, evitando assim um incumprimento no pagamento dos reembolsos da dívida norte-americana.

O presidente Donald Trump irá reunir-se com os líderes republicano e democrata do Congresso (Câmara dos Representantes e Senado), na Casa Branca, para manter conversações sobre impostos. Estarão também presentes o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, e o director do Conselho Económico Nacional, Gary Cohn.


Acaba o "Verão de Inferno" para passageiros ferroviários nova-iorquinos

As três maiores vias férreas norte-americanas que usam a Penn Station de Nova Iorque retomam o seu serviço regular de transporte ferroviário depois de concluídas as obras de melhoria que levaram a oito semanas de serviço reduzido.

O chamado "Verão do Inferno" afectou centenas de milhares de passageiros ferroviários naquela região.

 


CMVM dos Estados Unidos em análise

A Faculdade de Direito da Universidade de Nova Iorque promove uma mesa redonda onde se debaterá o cumprimento das prioridades da SEC (Securities and Exchange Commission - entidade reguladora do mercado de capitais nos EUA, equivalente à CMVM em Portugal).

O presidente da SEC, Jay Clayton, a co-directora da divisão de cumprimento, Stephanie Avakian, e o director interino do gabinete de conformidade, Peter Driscoll, participarão neste debate.

(Notícia corrigida às 10:07. Por lapso indicou-se a divulgação do PIB da Zona Euro, que só será conhecido no dia 7)




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub