Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira, o IGCP realiza dois novos leilões de dívida de curto prazo e na bolsa as acções do Benfica estarão a reagir aos resultados anuais. Nos EUA, a Fed termina a reunião de dois dias, não se esperando uma mexida nos juros directores.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 20 de setembro de 2017 às 07:30
Portugal emite dívida de curto prazo e Fed anuncia decisões de política monetária

A agência que gere a dívida pública (IGCP) vai esta quarta-feira aos mercados para novos leilões a seis e 12 meses, depois de nas últimas emissões do género estas maturidades terem registado juros historicamente baixos. Nas operações, com maturidades em 16 de Março de 2018 (seis meses) e 21 de Setembro de 2018 (12 meses), as linhas de Bilhetes de Tesouro em causa deverão permitir levantar entre 1.500 milhões e 1.750 milhões de euros.

Por outro lado, termina hoje a reunião de dois dias da Reserva Federal norte-americana, a que se seguirá uma conferência de imprensa por parte da sua presidente, Janet Yellen. Espera-se que a taxa de juro directora se mantenha compreendida entre 1% e 1,25% e que seja anunciado o início do processo de redução do balanço do banco central (conhecido como QT – ‘quantitative tightening'), que é de 4,5 biliões de dólares. Os investidores tentarão decifrar a possibilidade de uma subida dos juros na reunião de Dezembro. Actualmente, os futuros descontam uma probabilidade de 50% de que a taxa directora aumente na última reunião do ano.



Benfica reage aos resultados recorde

A Benfica SAD anunciou ontem que fechou o exercício fiscal terminado em Junho com um resultado líquido de 44,5 milhões de euros, o que mais do que duplica o valor do ano anterior (20,4 milhões de euros) e representa o nível mais elevado de sempre.Para este resultado contribuíram os ganhos com a venda de jogadores, mas também os indicadores operacionais, já que as receitas também aumentaram. 


As acções do Benfica estarão hoje a reagir a estes resultados, uma vez que as contas foram divulgadas após o fecho da negociação bolsista.



Foco está nos juros implícitos no crédito à habitação

Hoje serão divulgados mais dados que permitirão medir o pulso a algumas economias. Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga as taxas de juro implícitas no crédito à habitação, em Agosto, bem como o índice de preços da habitação no segundo trimestre. No resto da Europa, destaque para os números referentes às vendas a retalho no Reino Unido em Agosto.

Além disso, teremos ainda a divulgação do Economic Outlook da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).


Nos Estados Unidos serão divulgados os dados relativos à venda de casas usadas, em Agosto [anterior: -1,3%; estimativa: 0,6%].


No campo empresarial, serão apresentadas as contas trimestrais de empresas como a norte-americana General Mills – criadora da Cheerios e da Wheaties – e a retalhista britânica Kingfisher.


Comité Técnico Conjunto da OPEP analisa petróleo

Um painel de representantes técnicos da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), denominado Comité Técnico Conjunto, estará reunido em Viena para dar conta do estado de implementação dos cortes de produção do cartel, cujo nível de cumprimento estima ter sido de 94% em Agosto. O Comité Ministerial Conjunto de Monitorização da OPEP reunir-se-á depois a 22 de Setembro.

Por outro lado, a Administração de Informação em Energia (sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) apresenta os dados relativos aos inventários de crude na semana passada nos Estados Unidos.

 


Fórum de Negócios da Bloomberg em destaque em Nova Iorque

O Global Business Forum da Bloomberg tem lugar esta quarta-feira em Nova Iorque. Mike Bloomberg, ex-presidente da câmara municipal de Nova Iorque e fundador da Bloomberg LP, acolherá o evento, que contará com a presença de vários CEO, como Jack Ma da Alibaba, Lloyd Blankfein do Goldman Sachs e Laurence Fink da BlackRock.

Além dos representantes empresariais, participarão também o presidente do World Bank Group, Jim Yong Kim, e Bill Gates – co-fundador da Microsoft e o homem mais rico do mundo –, entre muitas outras personalidades.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub