Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

As atenções estão centradas na reunião do BCE, mas espera-se um dia agitado nos mercados, com os investidores a reagirem aos resultados de importantes cotadas em Portugal, na Europa e também nos Estados Unidos.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Nuno Carregueiro 26 de outubro de 2017 às 07:30
Draghi revela o plano de redução de estímulos

É hoje que se vai saber como o Banco Central Europeu vai começar a reduzir os estímulos na economia europeia. Os resultados da reunião serão anunciados às 12:45 e Draghi dará uma conferência de imprensa 45 minutos depois. O consenso dos analistas antecipa que o banco central reduza para metade o valor mensal das compras de activos (30 mil milhões de euros), ao mesmo tempo que prolonga este programa por mais nove meses, isto é, até Setembro do próximo ano. Esta decisão já é esperada pelos mercados mas, ainda assim, Draghi deverá ser cauteloso nas palavras a utilizar. Como habitual, os mercados deverão reagir com forte volatilidade às palavras do presidente do BCE.


Navigator e Jerónimo Martins reagem aos resultados

As acções da Jerónimo Martins e da Navigator vão estar esta manhã a reagir aos resultados que as duas companhias anunciaram depois do fecho da sessão de ontem. A retalhista revelou que registou um lucro de 285 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, um valor que saiu ligeiramente abaixo do esperado pelos analistas do Caixa BI (292 milhões de euros) e 43% abaixo do registado no período homólogo.  Já a fabricante de pasta e papel aumentou os lucros em 8,6% para 145,8 milhões de euros, um valor que fica ligeiramente acima do estimado pelos analistas do CaixaBI (144,3 milhões de euros). 

Banca europeia e tecnológicas dos EUA revelam contas

Esta quinta-feira será mais um dia forte no que diz respeito à apresentação de resultados trimestrais. Na Europa destaca-se o sector financeiro: Santander, Bankinter, Deutsche Bank e Barclays, sendo que a Bayer também irá revelar os números do trimestre. Em Wall Street o dia será dominado pelas tecnológicas: Alphabet, Twitter, Amazon.com, Intel e Microsoft estão na lista das cotadas que vão anunciar resultados.

Mais um dia chave na Catalunha

Esta quinta-feira começa a decidir-se o futuro da Catalunha. A partir das 16:00 locais (15:00 em Lisboa), o parlamento catalão realiza um plenário para discutir os efeitos decorrentes do accionamento do artigo 155 da Constituição espanhola. O presidente do governo autonómico catalão (Generalitat) decidiu não comparecer no Senado (câmara alta do Congresso espanhol) para argumentar contra o recurso àquele normativo constitucional. Entre as opções de Puigdemont está a declaração de independência, ou a convocação de eleições.

 


Execução orçamental em Portugal

Na frente macro-económica não há indicadores de relevo que possam influenciar o curso dos mercados. Como habitual às quintas-feiras serão revelados os novos pedidos de subsídio de desemprego nos EUA. Na Espanha será conhecida a taxa de desemprego do terceiro trimestre. Em Portugal a Direcção-Geral do Orçamento revela a execução orçamental dos primeiros nove meses do ano (até Agosto o défice estava em metade do registado no período homólogo) e o INE publica a Síntese Económica de Conjuntura de Outubro.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar