Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta sexta-feira, a DBRS poderá pronunciar-se sobre o rating e a perspectiva para a evolução da dívida soberana de Portugal. Além disso, teremos os resultados da REN, Cofina e Altri.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro Nuno Carregueiro 03 de novembro de 2017 às 07:30
EDP reage aos resultados. E CTT recuperam?

Os lucros da EDP subiram 86% para 1.147 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano face a período homólogo, com a empresa a beneficiar com a mais-valia da venda da Naturgás. Este resultado superou a estimativa dos analistas do CaixaBI que previam uma queda de 5% nos lucros para para 583 milhões de euros.  As contas foram apresentadas ontem depois do fecho da bolsa nacional, pelo que as acções da eléctrica presidida por António Mexia estarão hoje a reagir.

Por outro lado, será hoje que os CTT conseguem retomar? Ontem, a sessão bolsista foi novamente marcada pela queda acentuada das acções, com a cotada a cair 4,49% para 3,782 euros e a fixar um novo mínimo histórico. A queda nos títulos da empresa dos Correios acentuou-se depois da conference call da empresa com analistas, onde os CTT admitiram a possibilidade de passar a terceiros a gestão de estações dos correios. Na quarta-feira, os títulos registaram a maior queda de sempre, em reacção aos resultados abaixo do esperado e ao corte no dividendo.



REN, Cofina e Altri reportam contas

Por cá, prossegue a bom ritmo a apresentação dos resultados dos primeiros nove meses do ano. Esta sexta-feira será a vez de a REN, Cofina e Altri se confessarem ao mercado. Na sessão de ontem, a Altri somou 1,36% para 5,647 euros, o que constituiu um máximo histórico.

Lá fora, destaque esta sexta-feira para as contas da Berkshire Hathaway, Air France e Société Générale, entre outras.



Desemprego nos EUA deve manter-se nos 4,2%

Como habitual, na primeira semana do mês, será conhecida a taxa de desemprego de Outubro nos Estados Unidos. As estimativas dos economistas consultados pela agência Bloomberg apontam para que a taxa de desemprego se tenha mantido inalterada nos 4,2%. Por outro lado, projecta-se que as contratações tenham aumentado em cerca de 300.000. Ainda nos EUA, destaque também para a balança comercial de Setembro.

Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga o Índice de Bem-estar relativo a 2016.


DBRS pode pronunciar-se sobre rating de Portugal

Hoje é dia de novo escrutínio das agências de rating. O calendário de eventuais revisões das notações soberanas tem vários países em foco esta sexta-feira, mas recorde-se que os relatórios sobre os ratings e perspectivas para as dívidas soberanas podem não ser publicados, uma vez que este agendamento é apenas indicativo.

A canadiana DBRS poderá anunciar decisões relativamente ao rating de Portugal. Já a Moody’s poderá ter uma palavra a dizer sobre a Bélgica e a União Europeia, ao passo que a S&P poderá pronunciar-se em relação à Turquia.

 


Petróleo e gás com dados novos sobre as plataformas

A Baker Hughes, fornecedora norte-americana de serviços a campos petrolíferos, divulga o relatório semanal sobre o número de plataformas de petróleo e gás nos Estados Unidos.

Ainda no que diz respeito às matérias-primas, a Comissão norte-americana de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) reporta as posições semanais nos futuros e opções por parte dos operadores.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub