Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta segunda-feira, o BCP dá início ao “roadshow” para captar um financiamento de 300 milhões de euros. Os investidores estarão igualmente atentos à REN, numa altura em que a queda dos direitos de subscrição do aumento de capital tem estado a pressionar as acções. Hoje pode ser também dia de o Senado votar a reforma fiscal da Administração Trump.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro Nuno Carregueiro 27 de novembro de 2017 às 07:30
BCP inicia "roadshow" para se financiar em 300 milhões

O banco liderado por Nuno Amado dá hoje início a um "roadshow" para se financiar em 300 milhões de euros. Para tal, emitirá obrigações a 10 anos, passíveis de serem reembolsadas no final de cinco anos. Esta emissão servirá para reforçar o rácio de capital suplementar Tier 2.

O BCP mandatou o Goldman Sachs, o próprio Millenium BCP, a Société Generel e o UBS para gerirem o "roadshow".



Direitos da REN em forte queda continuam a pressionar acções

Aumentou a pressão sobre os direitos de subscrição do aumento de capital da REN. Os títulos acentuaram a tendência de queda na sexta-feira, fechando o dia com uma desvalorização de 7,79%, para 14,2 cêntimos, o que pressionou a cotação das acções, que encerraram a cair 2,05% para 2,438 euros.

Esta forte pressão vendedora nos direitos estará a ser exercida pelos accionistas que receberam estes títulos mas não pretendem subscrever novas acções no aumento de capital. Nos dois dias em que os direitos foram negociados trocaram de mãos perto de 29 milhões de direitos, o que corresponde apenas a pouco mais de 5% do total emitido (534 milhões). Com as acções e os direitos a negociarem em simultâneo a tendência será para os dois títulos transaccionarem em equilíbrio e ser a evolução dos direitos a mandar no rumo da cotação das acções. 



De olhos postos na votação da reforma fiscal dos EUA

Uma vez que estava previsto que o Senado norte-americano debatesse e votasse a reforma fiscal logo a seguir ao fim-de-semana prolongado que se sucedeu ao Dia de Acção de Graças e à Black Friday, tudo aponta, segundo a Bloomberg, para que isso possa acontecer já hoje.

A proposta desenhada pela Câmara dos Representantes passou no dia 16 de Novembro, com 227 votos a favor, numa altura em que o Senado desenhava também a sua própria proposta para a reforma fiscal prometida por Donald Trump. Também está previsto que aconteça esta semana o encontro do Presidente Trump com os líderes do Congresso.  


Como irão as pessoas circular no futuro?

De que forma irão as pessoas circular no futuro? A conferência AutoMobility La, que decorre em Los Angeles (EUA) revela algumas possibilidades, incluindo o jeep Wrangler totalmente renovado e o Volvo XC40, que faz a sua entrada no mercado norte-americano.

A seguir a este evento segue-se o Los Angeles Auto Show, que decorre entre 1 e 10 de Dezembro no centro de convenções de Los Angeles.

 


Agricultura em destaque nos Estados Unidos

O Departamento norte-americano da Agricultura (USDA) apresenta os dados das inspecções às exportações na semana passada, bem como os dados relaticos à evolução das colheitas agrícolas.

Ainda no que diz respeito às matérias-primas, a Comissão norte-americana de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) reporta as posições semanais nos futuros e opções por parte dos operadores.


Destaque também para a cimeira KPMG ENRich 2017 sobre o sector da energia e dos recursos naturais da Índia, que deocrre em Nova Deli.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar