Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira, o INE divulga a estimativa para contas económicas da agricultura em 2017 e na Zona Euro saberemos os dados do emprego e da produção industrial. Fora da Europa, o grande destaque está na Fed, que deverá anunciar a terceira subida de juros deste ano.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 13 de dezembro de 2017 às 07:30
INE divulga estimativa para contas económicas da agricultura

Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga esta quarta-feira o índice de volume de negócios, emprego, remunerações e horas trabalhadas nos serviços, no que diz respeito a Outubro.

Além disso, o INE vai apresentar a primeira estimativa para as contas económicas da agricultura em 2017.



Conhecida a evolução do emprego na Zona Euro

Esta quarta-feira será marcada pela divulgação de importantes indicadores económicos na Zona Euro. Além dos números relativos à produção industrial, em Outubro, serão ainda publicados os números do emprego na Zona Euro, no terceiro trimestre do ano.  

Ainda na Europa, teremos os dados relativos à inflação de Novembro na Alemanha, bem como a taxa de desemprego no Reino Unido em Outubro.



Fed anuncia terceira subida de juros do ano

A Reserva Federal dos EUA deverá anunciar uma subida da taxa directora em 0,25 pontos base. As estimativas do mercado antecipam que Janet Yellen suba os juros para um intervalo entre 1,25% e 1,50%.

A mexida ocorre no mesmo dia que serão conhecidos os dados da inflação no país, em Novembro. Segundo a Bloomberg, os preços no consumidor deverão ter subido 0,2%, pelo segundo mês consecutivo.


Inventários de crude centram olhares nos EUA

A Administração de Informação em Energia (sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) apresenta os dados relativos aos inventários de crude na semana passada nos Estados Unidos.


Por outro lado, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) divulga o seu relatório mensal sobre o mercado do crude.

Ainda no mesmo sector, decorre em Pequim o Forum Executivo Internacional da Energia de 2018.

 


Wall Street vai renovar recordes?

As bolsas norte-americanas fecharam em alta na sessão de ontem, com o Dow Jones e o S&P 500 a marcarem novos máximos históricos. A excepção foi o Nasdaq Composite, que recuou ligeiramente com as perdas em tecnológicas de peso. A ajudar à subida esteve na banca, na expectativa de que a Fed anuncie hoje uma subida dos juros. A Boeing também contribuiu, à conta do anúncio de um aumento dos dividendos.

Este ano, o S&P 500 acumula 41 novos máximos históricos e o Nasdaq Composite tem um saldo de 51 novos recordes. Na sessão desta quarta-feira, haverá novos máximos de sempre?




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar