Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta sexta-feira, as acções da Jerónimo Martins estarão a reagir ao aumento das receitas em 2017. Também o petróleo vai continuar no radar dos investidores.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Receitas da Jerónimo Martins crescem 11% em 2017

A Jerónimo Martins fechou o ano com receitas na ordem dos 16,27 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 11% face ao ano anterior, revelou ontem a dona dos supermercados Pingo Doce e Biedronka após o fecho da bolsa nacional. Estes números ficaram em linha com as estimativas do BPI que apontavam para receitas de 16,21 mil milhões de euros.

O maior contributo continua a vir da Polónia, com as receitas provenientes da Biedronka a ascenderem a 11,07 mil milhões de euros. Já as receitas geradas pelo Pingo Doce aumentaram 3,1% para 3,67 mil milhões de euros. O mercado nacional continua a ser o segundo mais relevante, mas é também o que regista crescimentos menores. O maior crescimento está a ser registado na Colômbia, com as receitas a aumentarem 72% para 405 milhões de euros.



Energia destaca-se em plena valorização do petróleo

A Baker Hughes, fornecedora norte-americana de serviços a campos petrolíferos, divulga o relatório semanal sobre o número de plataformas de petróleo e gás nos Estados Unidos.

O mercado está especialmente atento a estes novos dados, numa altura em que os preços do petróleo negoceiam em máximos de Dezembro de 2014 nos EUA e em Londres. Na sessão de ontem, o Brent do Mar do Norte, que serve de referência à Europa, superou os 70 dólares por barril.



Vendas a retalho e inflação em foco nos EUA

Neste final da semana, os investidores norte-americanos terão acesso a dois dos mais importantes indicadores económicos: as vendas a retalho e a taxa de inflação.

As vendas a retalho deverão ter aumentado, em Dezembro, pelo quarto mês consecutivo, estimam os economistas. Já a taxa de inflação, em Dezembro, terá descido para 2,1%. 


Maiores bancos americanos publicam contas trimestrais

Nesta que é a segunda semana do ano, alguns dos maiores bancos norte-americanos publicam as suas contas do quarto trimestre. O destaque esta sexta-feira vai para o JPMorgan, Wells Fargo e BlackRock.

A expectativa dos investidores dos EUA é de que esta época de apresentação de resultados vai trazer números robustos, o que tem estado a sustentar as bolsas em Wall Street.

 


DBRS pode pronunciar-se sobre rating de Itália

Dia de novo escrutínio por parte das agências de rating. O calendário de eventuais revisões das notações soberanas tem vários países em foco esta sexta-feira, mas recorde-se que os relatórios sobre os ratings e perspectivas para as dívidas soberanas podem não ser publicados, uma vez que este agendamento é apenas indicativo.

Entre os destaques para hoje, a canadiana DBRS poderá anunciar decisões relativamente ao rating de Itália e Dinamarca. Já a Fitch poderá ter uma palavra a dizer sobre a Croácia e a Roménia, ao passo que a S&P poderá pronunciar-se em relação à Bélgica.