Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quinta-feira os mercados estarão sobretudo atentos ao Banco Central Europeu e às declarações do seu presidente, Mario Draghi, não se esperando mexidas nos juros directores.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Draghi mantém juros e tenta travar subida do euro

Depois de várias notícias em torno do fim do programa de compra de activos do BCE, Mario Draghi deverá aproveitar a conferência de imprensa de hoje para tranquilizar os investidores.


Espera-se que o presidente do BCE tente limitar os ganhos do euro - a divisa europeia atingiu máximos de três anos na semana passada - e dê mais detalhes sobre os estímulos na região. Já a taxa de juro deverá permanecer inalterada em zero. 


 

Produção das barragens da EDP afundou em 2017

A produção de electricidade da EDP manteve-se relativamente estável em 2017 face a 2016, com um acréscimo de 0,1%, anunciou a empresa ontem após o fecho da bolsa nacional. Apesar de a eléctrica contar com mais potência devido a novas centrais eólicas, a seca registada em Portugal afectou negativamente o resultado.

Segundo a empresa, este resultado foi reflexo da "maior produção eólica, resultando do aumento de capacidade", mas que foi "parcialmente mitigado pelos recursos hídricos" na Península Ibérica. Para compensar a queda na produção hídrica devido à seca, a eléctrica aumentou a produção de electricidade a partir de gás e de carvão.


 

Vendas da Sonae aumentaram 6,9% no ano passado

As vendas das unidades de retalho da Sonae cresceram 6,9% em 2017, para 5,5 mil milhões de euros. Só a Worten contribuiu com mil milhões de euros e o peso do comércio electrónico superior os 100 milhões de euros.

Estes resultados foram divulgados após o fecho da praça lisboeta, pelo que as acções estarão a reagir hoje em bolsa.


 

Boeing e Intel reportam contas

A apresentação das contas anuais e do último trimestre de 2017 está a ganhar balanço. Hoje será a vez de empresas como a 3M, Boeing, Caterpillar, Intel e Starbucks.

Ainda no que diz respeito à aeronáutica, a Comissão norte-americana do Comércio Internacional iria apresentar hoje a sua determinação final no caso Bombardier/Boeing, mas ontem ao final do dia anunciou que a decisão ficaria adiada para esta sexta-feira. A Boeing, recorde-se, acusou a companhia canadiana de vender aviões da Série C nos EUA a preços abaixo do valor de mercado.


 

INE divulga avaliação bancária na habitação

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga o inquérito à avaliação bancária na habitação, em Dezembro.

Nos Estados Unidos, o destaque vai para os dados relativos às vendas de casas novas. Teremos ainda os dados da taxa de desemprego na Suécia e as vendas a retalho no México.