Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quinta-feira a Sonae divulga as contas do primeiro trimestre, enquanto a Semapa e a Sonaecom reagem aos resultados apresentados ontem depois do fecho da bolsa nacional.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 17 de maio de 2018 às 07:30
Sonae apresenta resultados do trimestre

A "holding" da família Azevedo apresenta as contas do primeiro trimestre de 2018. Os analistas do BPI estimam que a retalhista co-liderada por Paulo Azevedo e Ângelo Paupério tenha registado lucros de 15 milhões de euros, mais 77% do que os 8 milhões reportados entre Janeiro e Março de 2017.

Já as receitas deverão ascender a 1.328 milhões, mais 4% face ao período homólogo, e o EBITDA deverá ser de 54 milhões (+13%), contra 48 milhões nos primeiros três meses do ano passado, segundo as projecções do BPI.


 

Semapa e Sonaecom reagem às contas

A Semapa e a Sonaecom vão estar esta quinta-feira a reagir aos resultados do primeiro trimestre, divulgados ontem após o fecho da bolsa.

A Sonaecom lucrou 5 milhões de euros, mais 500 mil euros que em igual período do ano passado. Quanto à Semapa, o aumento do EBITDA e a redução das amortizações, perdas por imparidade e provisões permitiam ao grupo somar lucros de 27,2 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, quase o dobro do atingido no período homólogo.


 

Sector do papel de vento em popa

A Altri, Navigator e a Semapa atingiram máximos históricos na sessão de ontem, com as cotadas a serem animadas por movimentos de consolidação no sector, alta do dólar e subida nos preços da pasta. A Altri foi a estrela da sessão, ao valorizar 13,19% para 7,55 euros, o que corresponde à subida diária mais elevada desde Maio de 2010.

Apesar das fortes subidas recentes do preço da pasta, os analistas do CaixaBI não antecipam uma correcção significativa. Prevêem aumentos entre 14% e 16% nos próximos três anos.


 

Cimeira debate saída dos EUA do acordo nuclear com o Irão

A saída dos EUA do acordo nuclear com o Irão será um dos temas em destaque na cimeira europeia que decorre em Sófia, na Bulgária, e que junta também seis países dos Balcãs Ocidentais. Os líderes europeus deverão reiterar o seu compromisso para com o acordo e debater o comércio global.

Numa primeira reacção à decisão de Donald Trump, a chanceler alemã, Angela Merkel, confirmou que os europeus "tudo farão" para manter o Irão no acordo nuclear, acrescentando que a retirada dos EUA do pacto aumenta a responsabilidade da União Europeia. 


 

Novos dados económicos em cima da mesa

Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga os estudos sobre estatísticas das empresas, em 2016. Na Zona Euro, teremos os dados sobre a construção em Março.

Nos EUA, destaque para os dados relativos aos novos pedidos de subsídio de desemprego, na semana terminada a 12 de Maio. Da Rússia virão os números do PIB.

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.