Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

O PIB dos EUA no segundo trimestre é o indicador mais relevante na agenda dos investidores.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Nuno Carregueiro 29 de agosto de 2018 às 07:30
PIB dos EUA revisto em baixa?

Vai ser esta quarta-feira revelada a segunda leitura da evolução do PIB dos Estados Unidos no segundo trimestre. Os economistas estimam uma ligeira revisão em baixa da taxa de crescimento anual para 4%, face aos 4,1% anteriormente reportados, que correspondiam à expansão mais forte desde 2014. Também hoje vai ser conhecido o PIB da França e da Croácia no segundo trimestre.

 

Canadá junta-se aos EUA e México?

O Canadá ficou de fora do acordo comercial fechado na segunda-feira entre os Estados Unidos e o México. Contudo, a ministra dos Negócios Estrangeiros do Canadá, Chrystia Freeland, está em Washington desde ontem a negociar com os dois países vizinhos, pelo que o acordo pode em breve ser tripartido. Caso este cenário se concretize, deve prosseguir o sentimento positivo dos investidores nos mercados, que mostram agora uma menor preocupação com uma guerra comercial a nível global. "Estamos encorajados pelos progressos concretizados pelos Estados Unidos e pelo México, em particular sobre os setores do automóvel e das questões laborais", afirmou a ministra canadiana, antes de se iniciar o encontro com Robert Lighthizer, da Agência do Comércio dos Estados Unidos, que marca o início das negociações formais entre os dois países.

 

INE revela avaliação bancária das casas

O Instituto Nacional de Estatística divulga hoje como evoluiu, em Julho, a avaliação que é utilizada pelos bancos na concessão de crédito para compra de habitação. Em Junho atingiu 1.180 euros por metro quadrado, o que representa o valor mais elevado desde o segundo trimestre de 2008.

 

Divulgação de stocks condiciona petróleo

O governo norte-americano revela esta quarta-feira o relatório semanal com os stocks de petróleo nos Estados Unidos e as estimativas dos analistas apontam para uma nova redução dos inventários de crude, em 1,39 milhões de barris. A matéria-prima está a negociar em máximos desde o início de Julho, já acima dos 76 dólares em Londres, e pode acentuar a tendência positiva caso se confirme uma escassez da oferta de petróleo no mercado. No final do dia de terça-feira o American Petroleum Institute anunciou um aumento surpresa de 38 mil barris nos stocks dos EUA.

 

AG da Vista Alegre para reagrupar acções

A Vista Alegre realiza esta quarta-feira, pelas 15:00, uma assembleia-geral extraordinária para discutir e votar o reagrupamento de acções ("reverse stock split"). A administração da empresa propõe o reagrupamento de acções mediante a aplicação de "um coeficiente de reagrupamento de 1:10", pelo que por cada lote de acções o accionista passa a ter uma, com um valor 10 vezes superior ao actual. A AG terá ainda um outro ponto na ordem de trabalhos para os accionistas aprovarem. É que a Visabeira tem que doar três acções à Vista Alegre de modo a que o número total de acções da cotada seja um múltiplo de 10 (1.524.091.460 acções). 




Saber mais e Alertas
pub