Investidor Privado A semana dia-a-dia: Atenções voltadas para o Eurogrupo e Estados Unidos

A semana dia-a-dia: Atenções voltadas para o Eurogrupo e Estados Unidos

A semana começa com a eleição do novo presidente do Eurogrupo. Mário Centeno é um dos candidatos e tem sido apontado como o favorito. Além disso, os investidores vão estar também atentos aos EUA.
A semana dia-a-dia: Atenções voltadas para o Eurogrupo e Estados Unidos
Raquel Godinho 03 de dezembro de 2017 às 20:24
Segunda-feira Eleição do presidente do Eurogrupo
No final da semana passada, o Governo português confirmou a candidatura de Mário Centeno à presidência do Eurogrupo. Os ministros das Finanças da Zona Euro reúnem, esta segunda-feira, em Bruxelas. E, neste encontro, deverão eleger o novo presidente do Eurogrupo, sendo que Centeno tem sido apontado como favorito, como referiu o "Financial Times". Neste encontro, será também discutido o resgate da Grécia.   

Terça-feira Senado vota novo líder da Fed

A votação no Senado deveria ter acontecido na terça-feira, 28 de Novembro, mas foi adiada. Por isso, para esta terça-feira, 5 de Dezembro, está prevista a votação no comité da banca do Senado dos EUA sobre a nomeação, por Donald Trump, de Jerome (Jay) Powell para substituir Janet Yellen na liderança da Reserva Federal a partir de 3 de Fevereiro de 2018. Se Powell for confirmado pelo Senado, será o primeiro presidente da Fed, em quase quatro décadas (desde 1981), que não é licenciado em Economia.  

Quarta-feira Termina aumento de capital da REN
Esta quarta-feira, termina o período de subscrição das novas acções da REN, que arrancou a 23 de Novembro. Estas novas acções deverão ser admitidas à negociação a 13 de Dezembro. Os direitos de subscrição do aumento de capital da empresa terminaram a sua negociação em bolsa na passada sexta-feira, 1 de Dezembro. A cotada liderada por Rodrigo Costa realizou um aumento de capital de 250 milhões de euros através da emissão de 133.191.262 novas acções. O encaixe da operação servirá para financiar metade do valor que a empresa gastou na aquisição da actividade de distribuição de gás natural da EDP (Portgas).   
 

Quinta-feira Dados económicos nos Estados Unidos
A semana será ainda marcada pela publicação de dados económicos do outro lado do Atlântico. Como habitual às quintas-feiras, serão conhecidos os pedidos de subsídio de desemprego apresentados na semana passada. Contudo, outros indicadores estarão em destaque: na segunda-feira, as encomendas à indústria, em Outubro, na terça-feira, o défice da balança comercial, em Outubro, e na quarta-feira, o relatório sobre a criação de postos de trabalho, em Novembro.    

Sexta-feira Taxa de desemprego nos EUA estável

Do outro lado do Atlântico, a primeira semana do mês é sempre marcada pela publicação de um dos mais importantes indicadores económicos: a taxa de desemprego. De acordo com as estimativas dos economistas consultados pela agência Bloomberg, em Novembro, a taxa de desemprego deverá ter ficado estável nos 4,1%. Prevêem também que tenham sido criados 200 mil postos de trabalho, no mês passado.    
 

Sexta-feira Acordo para evitar o "shutdown" nos EUA
Numa altura em que as atenções dos investidores mundiais estão concentradas no impasse em torno da votação da reforma fiscal nos Estados Unidos, para esta sexta-feira, está agendada a votação no Congresso de um acordo para evitar a paralisação ("shutdown") do governo federal norte-americano e garantir o financiamento dos órgãos federais após a data-limite que é esta sexta-feira, 8 de Dezembro.   



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub