Investidor Privado A semana dia-a-dia: Resultados dos bancos americanos marcam agenda

A semana dia-a-dia: Resultados dos bancos americanos marcam agenda

Na segunda semana do ano, os investidores voltam as atenções para a divulgação dos resultados de alguns dos maiores bancos americanos. Em destaque estarão também dados económicos.
A semana dia-a-dia: Resultados dos bancos americanos marcam agenda
Raquel Godinho 07 de janeiro de 2018 às 19:00
Segunda-feira Vendas a retalho na Zona Euro em destaque
O arranque da semana será marcado pela publicação de indicadores económicos. O destaque será a Zona Euro e a sua maior economia, a germânica. Na Alemanha, será conhecida a evolução das encomendas à indústria, em Novembro. Já na Zona Euro será revelada a confiança dos investidores e dos consumidores, em Janeiro, mas as atenções voltam-se para as vendas a retalho, em Novembro. As estimativas dos economistas consultados pela Bloomberg apontam para um aumento de 1,3%, depois de terem recuado 1,1% no mês anterior. 

Terça-feira Taxa de desemprego em queda na Zona Euro

A segunda semana do ano será marcada pela divulgação de um conjunto de indicadores económicos relevantes de ambos os lados do Atlântico. Esta terça-feira, será revelada a taxa de desemprego, na Zona Euro, em Novembro. E as estimativas dos economistas apontam para uma melhoria deste indicador. Os especialistas consultados pela Bloomberg antecipam uma queda para 8,7% face aos 8,8% do mês anterior. 

Quarta-feira Indicadores da economia norte-americana em destaque
Também do outro lado do Atlântico serão conhecidos indicadores económicos relevantes. Esta quarta-feira, será divulgado o índice de preços de importação bem como o índice de preços de exportação, ambos relativos a Dezembro. Além disso, serão ainda divulgados os inventários de retalho, no mês de Novembro. Estes aumentaram 0,7% no mês anterior. 
 

Quinta-feira BCE divulga relatos da última reunião
Na quinta-feira, as atenções dos investidores voltam-se para temas de política monetária. O Banco Central Europeu (BCE) divulga os relatos da última reunião, realizada a 14 de Dezembro. Nesse encontro, em que decidiu manter a taxa de juro de referência inalterada, a autoridade monetária anunciou uma revisão em alta do crescimento na Zona Euro e revelou também estar mais optimista para a inflação. Contudo, apesar de estar mais confiante de que esta atingirá a meta de 2%, o presidente da instituição avisou que faltam sinais convincentes de recuperação. E, nesse sentido, revelou que um amplo estímulo monetário continua a ser necessário. 

Sexta-feira Vendas a retalho e taxa de inflação nos Estados Unidos

No final da semana, os investidores norte-americanos terão acesso a dois dos mais importantes indicadores económicos: as vendas a retalho e a taxa de inflação. As vendas a retalho deverão ter aumentado, em Dezembro, pelo quarto mês consecutivo, estimam os economistas. Já a taxa de inflação, em Dezembro, terá descido para 2,1%. 

Sexta-feira Maiores bancos americanos publicam contas trimestrais
Nesta que é a segunda semana do ano, alguns dos maiores bancos norte-americanos publicam as suas contas do quarto trimestre. Esta sexta-feira, é a vez do JPMorgan, mas também o Wells Fargo e a BlackRock prestarão contas ao mercado. Nas próximas semanas, outras cotadas divulgam os seus números do ano passado. 



pub