Obrigações Altri emitiu mais 50 milhões de euros em obrigações

Altri emitiu mais 50 milhões de euros em obrigações

A empresa co-liderada por Paulo Fernandes emitiu obrigações com maturidade em 2025.
Altri emitiu mais 50 milhões de euros em obrigações
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 20 de julho de 2017 às 17:34

A Altri procedeu esta quinta-feira, 20 de Julho, à emissão de um empréstimo obrigacionista, por subscrição particular, no valor de 50 milhões de euros.

O empréstimo, com a designação "ALTRI 2017-2025", tem um prazo de oito anos, de acordo com o comunicado emitido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O mesmo comunicado informa que a Altri também adquiriu 500 obrigações representativas do empréstimo obrigacionista denominado "ALTRI 2014/2020", no montante nominal de 50 milhões de euros, tendo procedido à sua amortização.

"Estas operações enquadram-se na estratégia de financiamento da Altri, que visa a extensão do perfil de maturidade da dívida, o reforço da estrutura de capitais e a diversificação das fontes e tipologias de financiamento", refere a empresa.

Na sexta-feira passada, a Altri já havia colocado dois empréstimos obrigacionistas, no valor global de 80 milhões de euros, através da sua participada Celulose Beira Industrial (Celbi). 

As acções da papeleira encerraram a sessão desta quinta-feira a subir 0,67% para 4,045 euros. 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Ex-est 20.07.2017

Vozes de burro não chegam ao céu...

apostar 20.07.2017

tempo de férias, fugir deste casino e voltar fim do ano,

Esta também não foge á regra 20.07.2017

As Empresas está tudo sem dinheiro, por isso a bolha está prestes a rebentar, graças á especulação que as ações estão a este preço, 4.00 euros, mas com as correções do verão, devem ir novamente para os 3.00 euros

Anónimo 20.07.2017

Amanhã mais um tombo nas ações...

pub