Bolsa Amorim Investimentos passa a controlar directamente Corticeira Amorim

Amorim Investimentos passa a controlar directamente Corticeira Amorim

A Corticeira Amorim comunicou ao regulador que com a fusão entre a Amorim Capital e a Amorim Investimentos e Participações, a última passará a controlar directamente os 51% detidos na Corticeira.
Amorim Investimentos passa a controlar directamente Corticeira Amorim
Jorge Miguel Gonçalves/Sábado
Negócios 18 de dezembro de 2017 às 17:21

Em comunicado enviado na tarde desta segunda-feira, 18 de Dezembro, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Corticeira Amorim informa que os 51% do seu capital social detidos pela Amorim Capital vão passar a estar directamenta nas mãos da holding Amorim Investimentos e Participações.

 

A Amorim Capital, totalmente controlada pela Amorim Investimentos e Participações, detinha 51% do capital da Corticeira Amorim SGPS, situação que conferia à Amorim Investimentos e Participações a participação indirecta na Corticeira.

 

Na nota hoje enviada ao regulador, a Corticeira Amorim revela que a Amorim Investimentos e Participações se funde com a Amorim Capital, passando todo o património desta última para a Amorim Investimentos e a que se segue a extinção da Amorim Capital.

 

Com a incorporação do património e extinção da Amorim Capital, os 51% da Corticeira Amorim até aqui indirectamente detidos pela Amorim Investimentos e Participações passam a ser por ela directamente controlados.

 

A Corticeira Amorim encerrou a sessão bolsista desta segunda-feira a perder 0,75% para 11,30 euros por acção.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
5640533 Há 4 semanas

Aumentem a liquidez deste título pá.

pub