Investidor Privado Antevisão da semana: Bancos americanos e o regresso de Portugal ao mercado

Antevisão da semana: Bancos americanos e o regresso de Portugal ao mercado

A semana ficará marcada pela apresentação dos resultados da banca americana e pela publicação de indicadores económicos. Portugal regressa ao mercado para emitir dívida a 28 anos.
Antevisão da semana: Bancos americanos e o regresso de Portugal ao mercado
Negócios 09 de julho de 2017 às 19:00
Segunda-feira Eurogrupo debate malparado da banca europeia
A semana arranca com o encontro dos ministros das Finanças da Zona Euro, em Bruxelas. Entre os temas a discutir pelos responsáveis estão os mecanismos para resolver o problema do crédito malparado da banca europeia. Neste encontro, vão participar também o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, bem como o membro da autoridade monetária Benoît Coeuré.

Terça-feira AIE publica relatório sobre investimento em energia
Numa altura em que os preços do petróleo regressaram às quedas, a atenção dos investidores volta-se para os vários relatórios publicados sobre o tema. Depois de ter completado o maior ciclo de ganhos deste ano, a matéria-prima voltou ao desempenho negativo, no final da semana passada, depois de terem sido anunciados dados que apontam para o aumento de produção nos EUA. Esta terça-feira, a Administração de Informação em Energia (AIE) publica o relatório sobre o investimento mundial em energia. 
 
Quarta-feira
 Portugal regressa ao mercado para emitir dívida a 28 anos
O IGCP volta, esta quarta-feira, ao mercado para emitir entre 750 e mil milhões de euros, num duplo leilão de títulos com uma maturidade de 10 e 28 anos. A última vez que emitiu dívida com maturidade tão longa foi em 2015, quando lançou uma linha de títulos a 30 anos anos. No programa de financiamento para o terceiro trimestre, o instituto que gere a dívida do Estado previa a realização de várias emissões de obrigações do Tesouro, "através da combinação de sindicatos e leilões, sendo esperadas colocações de 1.000 a 1.250 milhões de euros por leilão". 

Quarta-feira Janet Yellen fala sobre Política Monetária no Senado
Ainda na quarta-feira, os investidores vão voltar as suas atenções para a política monetária. Janet Yellen, presidente da Reserva Federal, comparece no Senado para apresentar o relatório semi-anual de Política Monetária. Isto acontece uma semana depois de terem sido conhecidas as actas relativas à reunião que decorreu nos dias 13 e 14 de Junho e onde se percebeu que os responsáveis pela política monetária do banco central estão divididos quanto ao "timing" para a redução do seu balanço. Também na quarta-feira será conhecido o Livro Bege do banco central norte-americano. 

Quinta-feira Indicadores dos EUA apontam para recuperação
Quinta-feira estão previstos vários indicadores da economia dos Estados Unidos. Os investidores estarão atentos ao índice de preços no produtor e aos pedidos de subsídio de desemprego. No dia seguinte, serão também divulgados a taxa de inflação e as vendas a retalho, em Junho, que se prevê que tenham melhorado, de acordo com as estimativas dos economistas ouvidos pela Bloomberg.

Sexta-feira
 Contas da banca americana vistas à lupa

A semana termina com o arranque da época de resultados do primeiro semestre do outro lado do Atlântico. O sector financeiro dá o "pontapé de saída". Está prevista a divulgação das contas de JPMorgan, Citigroup e Wells Fargo. 



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub