Investidor Privado Antevisão da semana: Eleições nos EUA e previsões de Bruxelas agitam mercados

Antevisão da semana: Eleições nos EUA e previsões de Bruxelas agitam mercados

O acontecimento que vai dominar a semana são as eleições presidenciais nos Estados Unidos da América e o impacto que terão nos mercados. Mas é também altura da Comissão Europeia revelar as previsões do Outono.
Antevisão da semana: Eleições nos EUA e previsões de Bruxelas agitam mercados
Reuters
Alexandra Machado 06 de Novembro de 2016 às 19:00

Segunda-feira, 7 de Novembro

Zona Euro: 
Eurogrupo discute banca e Grécia

Os ministros das Finanças da Zona Euro vão reunir-se esta segunda-feira com vários temas na agenda. Um deles é a Grécia. Os ministros vão ficar a conhecer os resultados preliminares da missão a Atenas, no âmbito da segunda avaliação ao novo resgate. Também os pós-programas de assistência vão ser analisados nos casos de Chipre e Espanha. Mas grande parte do Eurogrupo será dedicado à banca, com a presença da presidente do Conselho de Supervisão do Mecanismo Único de Supervisão do BCE, Danièle Nouy.

 

Resultados: Nos e Sonaecom revelam contas

Ao final do dia de segunda-feira, 7 de Novembro, vão ser divulgadas as contas do terceiro trimestre da Nos e da Sonaecom. Os analistas do CaixaBI estimam que a Nos tenha registado lucros de 75,4 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, mais 2,6% do que no mesmo período do ano passado. Só no terceiro trimestre, o resultado líquido terá ficado pelo 24,5 milhões de euros, uma descida de 6,4%. 


Terça-feira, 8 de Novembro

Política: Maior economia do mundo vai a votos

Terça-feira, 8 de Novembro, é dia de eleições presidenciais nos Estados Unidos da América. Hillary Clinton ou Donald Trump? Um deles vai ser eleito Presidente da maior economia do mundo, que irá, em Janeiro, suceder a Barack Obama. Os mercados já têm reagido às sondagens, que nos últimos dias têm mostrado uma maior indefinição no resultado. Trump chega a aparecer à frente de algumas dessas intenções de voto.


Quarta-feira, 9 de Novembro 


Dados económicos: Bruxelas revela previsões do outono

Bruxelas dá a conhecer as suas previsões, referentes a este ano e aos próximos. Nas previsões da Primavera, Bruxelas reviu para 1,5% a evolução do PIB português esperada para este ano, apontando um crescimento de 1,7% para 2017. As mais recentes perspectivas do Governo apontam para um crescimento económico de 1,2% em 2016 e 1,5% em 2017.






Assembleia-geral: 
Accionistas do BCP abrem porta à Fosun

Os accionistas do BCP reúnem-se em assembleia-geral para discutir a proposta de subir o limite de voto dos actuais 20% para 30% e aumentar o número máximo de administradores de 20 para 25 elementos. A primeira proposta tinha sido uma das exigências da Fosun para entrar no capital do banco. É também neste dia que o BCP vai divulgar as suas contas referentes ao terceiro trimestre, tendo adiado face à data prevista de 7 de Novembro. Também a Sonae divulga resultados esta semana.

 
Quinta-feira, 10 de Novembro


Política monetária: Banco centrais americanos reunidos

Os bancos centrais das Américas vão encontrar-se em Santiago, no Chile, para a conferência anual. O anfitrião é o Banco Central do Chile e o tema em debate: "Política Monetária e os efeitos globais". Participam, entre outros, os governadores do Chile, México, Brasil, Canadá, Argentina, Peru e o vice-presidente da Reserva Federal.


Sexta-feira, 11 de Novembro

Matérias-primas: 
Petróleo vai estar sob olhar

A OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) revela os dados mensais do mercado petrolífero. Os mercados das matérias-primas vão olhar para os dados, numa altura em que o petróleo está em queda, com a indefinição das eleições e da tomada de decisão na produção por parte dos membros do cartel.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
RFPB Há 2 dias

Segunda e terça, tudo a subir. O resto da semana quedas. Quer ganhe o trump ou a Clinton.

pub