Investidor Privado Antevisão da semana: Deutsche Bank e emprego nos EUA na agenda dos investidores

Antevisão da semana: Deutsche Bank e emprego nos EUA na agenda dos investidores

A primeira semana de Outubro promete manter o tema Deutsche Bank na agenda dos investidores. Além disso, as atenções estarão também centradas nos dados do emprego publicados do outro lado do Atlântico.
Antevisão da semana: Deutsche Bank e emprego nos EUA na agenda dos investidores
reuters
Negócios 02 de Outubro de 2016 às 17:00

Segunda-feira, dia 3

Política

Conferência do Partido Conservador no Reino Unido

A semana começa com o arranque da conferência do Partido Conservador, no Reino Unido. O ministro das Finanças, Philip Hammond, deverá dar indicações sobre as questões orçamentais. Estará também presente o ministro do Comércio, Liam Fox, que é um dos ministros envolvidos nas negociações do Brexit. Para quarta-feira está agendado o discurso de Theresa May, primeira-ministra. A saída do país da União Europeia deverá ser o tema de destaque da conferência.

 

Terça-feira, dia 4

Política monetária

Membros da Fed falam sobre a economia dos EUA

Nas últimas semanas vários têm sido os membros da Reserva Federal a defender a necessidade de uma subida da taxa de juro nos Estados Unidos, à luz dos últimos indicadores económicos conhecidos. Esta semana será marcada pela presença de alguns membros do banco central em diversos eventos pelo país. Já na terça-feira, Jeffrey Lacker, presidente da Fed de Richmond, discursa numa conferência sobre perspectivas económicas em Virgínia. No dia seguinte, é a vez do presidente da Fed de Chicago, Charles Evans, e de Jeffrey Lacker. E, para o final da semana, está agendado o discurso de Stanley Fischer, vice-presidente da Fed, em Washington. Decisões futuras sobre o rumo do preço do dinheiro estarão no centro das atenções.

 

Empresas

Google apresenta novos produtos em São Francisco

No início de Setembro, as atenções dos fãs de tecnologia estiveram concentradas na apresentação dos novos produtos da Apple. Esta terça-feira, é a vez da Google. A tecnológica realiza um evento em São Francisco e as especulações apontam para que seja apresentado um gadget para ser utilizado em casa, bem como novos smartphones. O evento ganha mais relevo numa altura em que o sector tecnológico tem estado em alta no mercado accionista e a Alphabet (ex-Google) é a segunda maior empresa do mundo.

 

Quarta-feira, dia 5

Economia

Merkel fala sobre a evolução da economia germânica

Numa altura em que o Deutsche Bank continua a ser uma das principais preocupações dos investidores, Angela Merkel, chanceler alemã, e Sigmar Gabriel, vice-chanceler, participam numa conferência sobre a evolução da economia alemã. O banco germânico deverá ser um dos temas abordados neste encontro.

 

Quinta-feira, dia 6

Política monetária

BCE publica relatos da última reunião de política monetária

Na última reunião de política monetária, realizada no início de Setembro, o BCE desiludiu o mercado ao não anunciar alterações no programa de compra de activos. Esta quinta-feira, a autoridade monetária publica os relatos dessa reunião, onde deverá estar justificada a sua decisão.

 

Sexta-feira, dia 7

Economia

Taxa de desemprego inalterada nos Estados Unidos

Como habitual, na primeira semana do mês, serão conhecidos os dados do emprego nos Estados Unidos. Este é um dos indicadores seguidos com mais atenção, sobretudo numa altura em que se discute uma subida dos juros do outro lado do Atlântico. Os economistas consultados pela Bloomberg estimam que, em Setembro, a taxa de desemprego se tenha mantido nos 4,9%.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 02.10.2016

O outubro promete ser um pessimo mes para a banca:estar ser noticia que a borrada do Deutsche Banca ja se alastra ate a Italia.Ontem fiz saber que um banco belga vai reduzir o seu pessoal a metade apesar dos bons resultados.Amanha vem mais pormenores sobre este banco.

Anónimo 02.10.2016

http://www.zerohedge.com/news/2016-10-02/about-deutsche-settlement-rumor-cryan-hasnt-even-started-negotiations-doj

e já agora commerzbank tb.

Anónimo 02.10.2016

Esperemos que a EU nao faca com O Deutsche Bank a mesma borrada que os bancos portugueses fizeram quando o bes faliu.Esta provado que virar a cara para o lado so prejudica.Diz o ditado:onde todos ajudam,minimiza a desgraca.

pub