Obrigações Apetite dos investidores deve manter juros da dívida portuguesa em queda
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Apetite dos investidores deve manter juros da dívida portuguesa em queda

Os analistas acreditam que o interesse dos investidores pela dívida portuguesa vai continuar, mesmo com os juros já abaixo dos 2%. No leilão desta quarta-feira as OT devem ser colocadas com a taxa mais baixa de sempre.
Apetite dos investidores deve manter juros da dívida portuguesa em queda
Miguel Baltazar/Negócios

A subida do "rating" de Portugal por parte da agência Standard & Poor’s, em 15 de Setembro, apanhou desprevenidos muitos investidores. Quem na altura não estava exposto à dívida portuguesa "perdeu" uma descida de

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

Juros muito muito baixos sobre a dívida na mão destes keynesianos desmiolados coligados com os comunistas, despesistas, irrealistas e irresponsáveis por natureza, é um rotundo perigo porque é tudo desbaratado em excedentarismo, corrupção e demais despesismo iníquo e insustentável.

comentários mais recentes
Juiz final Há 1 semana

O Inferno governo PSD-PP: 4,5 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES, REFORMADOS e PMEs. 4 ORÇAMENTOS CRIMINOSOS com 10 rectificativos de que resultou: Mais: despesa, dívida, juros, impostos, desemprego, emigração, POBREZA, défice e a maior queda do PIB de sempre! E com dez mil milhões das privatizações.

BCP : ladrões gatunos VIGARISTAS Há 1 semana


é a EMPRESA que mais lucros tem no psi20 e é sempre a que mais desce todos os dias mas qualquer dia vão TODOS ENJAULADOS já não falta muito

Anónimo Há 1 semana

Também é record, desde que existe o Banco de Portugal (1846), existirem taxas de juro diretoras negativas definidas pela autoridade monetária: taxa de absorção de liquidez (remuneração dos depósitos dos bancos) negativa: -0,40 %; taxa das operações de refinanciamento: 0%. É por isto que o Estado se financia em bilhetes de tesouro a taxas de juro negativas e nas obrigações com prazo mais longo, a taxas de juro baixas. Não é pelo déficit nem pelos olhos bonitos dos ministros.

Anónimo Há 1 semana

Juros muito muito baixos sobre a dívida na mão destes keynesianos desmiolados coligados com os comunistas, despesistas, irrealistas e irresponsáveis por natureza, é um rotundo perigo porque é tudo desbaratado em excedentarismo, corrupção e demais despesismo iníquo e insustentável.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub