Petróleo Arábia Saudita aponta para o fim do ciclo dos preços baixos do petróleo

Arábia Saudita aponta para o fim do ciclo dos preços baixos do petróleo

"O actual ciclo de preços baixos chegou ao fim. E os fundamentos do mercado em termos de oferta e procura estão a melhorar", realçou Khaled al-Faleh.
Arábia Saudita aponta para o fim do ciclo dos preços baixos do petróleo
Lusa 23 de Outubro de 2016 às 17:27

O ministro saudita da Energia, Khaled al-Faleh, estimou hoje que o ciclo de baixos preços do petróleo chegou ao fim, considerando o contexto de melhoria dos fundamentos do mercado.

"O actual ciclo de preços baixos chegou ao fim. E os fundamentos do mercado em termos de oferta e procura estão a melhorar", realçou Khaled al-Faleh numa conferência de imprensa em que também participaram os ministros da Energia da Rússia, Alexander Novak, e do Qatar, Mohammed Bin Saleh al-Sada, em Riade, a capital saudita.

 

O ministro da Energia da Arábia Saudita, país que é o líder da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), assumiu estar "optimista" acerca da evolução dos preços de petróleo em bruto, salientando "o declínio contínuo durante sete ou oito semanas do inventário dos Estados Unidos (EUA)".

 

Paralelamente, o responsável destacou a "relação forte" entre a Arábia Saudita e a Rússia, numa fase de "reaproximação" entre os dois países sobre as questões do petróleo.

 




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
beachboy Há 1 semana

...lol...
...nem pensar...
...o Irão já disse que não vai ser assim...
...querem aumentar a produção deles...
...ou seja, o preço vai é baixar...
...tudo o resto é conversa...

Aarão Zarco Há 1 semana

A Tesla resolve. Vão querer vender e não vão haver clientes. Já não demora muito.

Desanimado Há 1 semana

Isso, aumentem para o dobro! Assim os investimentos em energias alternativas compensam e um dia irão transformar o petróleo num produto maldito, Quando isso acontecer e a maioria dos países tiver autonomia energética não sei de que irão viver os principais países da OPEP. Aconselhava-os a começar agora a diversificar porque senão acabarão a vender areia.

Marco de Avintes Há 1 semana

Há anos que nós já devíamos andar a circular com energias alternativas: electricidade; água e ar.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub