Research As 22 acções europeias que o Goldman recomenda comprar depois da queda das bolsas

As 22 acções europeias que o Goldman recomenda comprar depois da queda das bolsas

O Goldman Sachs identificou as 22 empresas que representam uma oportunidade de compra depois das fortes quedas recentes. Saiba quais são.
Nuno Carregueiro 14 de fevereiro de 2018 às 14:39

A queda acentuada das bolsas na semana passada deixou as acções europeias a transaccionar com um PER (rácio que mede a relação entre cotação e lucros por acção) de 14,1 vezes, o que se situa em linha com a média histórica dos últimos 20 anos.

Além disso, o "sell-off" foi global e abriu "alguns pontos de entrada claros em empresas de elevada qualidade", refere o Goldman Sachs num "research" publicado no início da semana.

Feito este retrato, o banco pediu à sua equipa de analistas que identificasse as melhores oportunidades de compra nas bolsas europeias, num termo que em inglês é conhecido por "buy the dip".

O resultado foi um lote de 22 cotadas europeias, de diversos sectores, que no último mês desvalorizaram em média 10% e apresentam agora um potencial de valorização em redor de 30%.

Veja quais são na galeria em cima, com um resumo do que diz o Goldman Sachs acerca de todas elas.