Bolsa As "top picks" são mesmo top?
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

As "top picks" são mesmo top?

O ano passado trocou as voltas a mais de metade das apostas dos bancos de investimento mais activos a acompanhar a bolsa portuguesa. Os CTT foram a escolha que mais saiu ao lado, enquanto a Jerónimo Martins foi uma das apostas certeiras.
As "top picks" são mesmo top?
Miguel Baltazar
Rui Barroso 03 de fevereiro de 2017 às 07:00

A cada início de ano os bancos de investimento actualizam as suas listas das acções com melhores perspectivas para bater o mercado. Mas a tarefa de encontrar vencedoras nos mercado não é fácil. Mais de 60% das )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 03.02.2017

Os CTT não servem cliente banco, quando l vou tem sempre fila, fui ferias ponta delgada tinha fila e havia notícia RTP que direção operacional foi instinta e tinha 15 trabalhadores desocupados, e estavam contratar, eu vou vender minhas acções, não vou afundar tb num passivo de um bilião, nem ser les

Anónimo 03.02.2017

Os CTT é pior investimento de todos, com banco postal a dar prejuízos, com excesso recurso humanos, sem plano geoestratégica para ano, com previsões de perca receita, com poupança papel 20%, melhor fugir CTT, empresa emperrada numa gestão deficiente serve interesses instalados, directores velhos.

Anónimo 03.02.2017

CTT tem sido noticia quase toda semana, desde falta dinheiro caixa pagar reformas, a prejuízos banco CTT, más condições trabalho, a trabalhadores desocupados nos Açores, com grande número contratados, cabe nós acionista ter atitude, demitir gestão, senão vamos acionista a lesado. Proatividade.

Anónimo 03.02.2017

Os CTT foram tiro ao lado, porque esta gestão, não restruturou empresa, com um passivo de um bilião, devia ter politicas gestão eficiente, não diminui recursos humanos, não diminui pesada estrutura/mordomias directores, é caso de accionista a lesado, proatividade, necessita a empresa, credibilidade.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub