BCE e Bundesbank atiram bolsas para terreno negativo
20 Agosto 2012, 14:14 por Sara Antunes | saraantunes@negocios.pt
6
Enviar por email
Reportar erro
0
O BCE nega ter tomado decisões sobre os contornos de futuras intervenções no mercado de dívida. Já o Bundesbank volta a realçar o seu cepticismo em relação à intervenção do BCE no mercado de dívida. Posições que levaram os investidores a penalizar as bolsas europeias.
O Stoxx 600 cai 0,20% para 272,29 pontos, numa altura em que a excepção é o índice alemão e o português, já que as restantes praças europeias estão a cair. As mais penalizadas são a bolsa grega, que perde mais de 1,5%, e a espanhola, que cede 0,77% para 7.502,80 pontos, depois de ter chegado a negociar no valor mais elevado desde Abril.

A inversão de tendência surgiu depois do Bundesbank e do Banco Central Europeu (BCE) se terem pronunciado sobre a intervenção da autoridade monetária no mercado de dívida.

O banco alemão reitera que mecanismos de partilha de risco de insolvência de soberanos devem ser implementados pelos próprios – Governos do euro e respectivos parlamentos - e não pelo banco central europeu. “O Bundesbank mantém a opinião de que a compra de títulos de dívida pública pelo Eurosistema tem de ser criticamente avaliada e acarreta riscos significativos para a estabilidade”. A advertência é feita pelo banco central alemão, no boletim mensal, divulgado nesta manhã.

Já o BCE negou que tenha já decidido, ou mesmo discutido, sobre os moldes concretos de futuras intervenções no mercado da dívida pública. “É absolutamente enganador reportar decisões que não foram ainda tomadas”. Num comunicado citado pela Bloomberg, um porta-voz do BCE acrescenta ainda que os moldes concretos de futuras intervenções no mercado de dívida não foram sequer discutidos pelo Conselho de Governadores, pelo que é "errado especular" sobre a sua natureza. “A política monetária é independente e será executada estritamente dentro do mandato do BCE", acrescenta.
6
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: