Bolsa BCP contraria vermelho europeu e ganha após seis desvalorizações seguidas

BCP contraria vermelho europeu e ganha após seis desvalorizações seguidas

Só à sétima sessão é que a instituição financeira liderada por Nuno Amado fechou em terreno positivo. Continua a valer menos de mil milhões de euros. O ganho foi numa sessão em que trocaram de mãos menos de 1 milhão de títulos.
BCP contraria vermelho europeu e ganha após seis desvalorizações seguidas
Diogo Cavaleiro 01 de Novembro de 2016 às 17:02

O Banco Comercial Português fechou em alta. Esta era uma afirmação que não se fazia desde 21 de Outubro e que só voltou a ser verdadeira a 1 de Novembro. Foi o primeiro ganho desde que se concretizou a fusão de acções. Uma valorização que aconteceu apenas à sétima sessão.

 

O banco sob o comando de Nuno Amado fechou a valer 1,226 euros por acção, uma subida de 1,07% em relação ao fecho de ontem. A sessão até começou negativa mas o BCP inverteu a tendência a meio do dia, tendo chegado a avançar quase 2%.

 

Embora tenha conquistado terreno, o BCP apresenta um valor de mercado inferior a mil milhões de euros: a capitalização bolsista está em torno de 965 milhões de euros.

 

O BCP conseguiu subir num dia de baixo volume (1 de Novembro é feriado, o que retira muitos investidores dos mercados). Foram transaccionados 915 mil títulos representativos do capital do banco quando, por exemplo, na sessão anterior tinham sido negociadas 2,5 milhões de acções.

 

Esta foi a primeira evolução positiva no fecho desde que se concretizou a fusão de 75 acções do BCP num só novo título, a 24 de Outubro. O reagrupamento dos títulos é uma das condições impostas pela Fosun para comprar 16,7% do capital do BCP (e possível aquisição até um máximo de 30%). 

A subida da instituição financeira contraria a queda do índice de referência da Bolsa de Lisboa. O PSI-20 perdeu 0,58% esta terça-feira num dia em que a Europa e os Estados Unidos mergulharam no vermelho. A banca foi um dos sectores em destaque pela negativa no dia em que o banco inglês Standard Chartered apresentou uma queda dos proveitos, desiludindo os analistas.

 

Em Lisboa, o BCP ganhou, o BPI perdeu 0,18% para 1,128 euros e o fundo de participação do Montepio fechou inalterado em 0,438 euros por unidade.




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

BCP no dia 1 de novembro, dia dos mortos.

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

o que estes garotos tem feito aos pequenos accionista do BCP se fosse na china já tinham sido cremados há muito tempo, o garoto assim que se apanhou com o dinheiro das obrigações que convenceu a trocar por acções entrou logo noutra para arranjar mais dinheiro para derreter e encher o cu dele porco.

Anónimo Há 1 semana

Como é que esta noite vai ao pito á mulher?E com o quê?Ele agora anda amantizado com os chinas da fortesão. Ele agora nem que lhe façam sanguinho no cu não se importa o que lhe interessa é a pasta. O banco que se fo.da e os tugas tambem.

Anónimo Há 1 semana

Nuno Mamado, ÉS UM BON A RIEN, açoes BCP continuam a descambar, ainda vais ser enrabado pela (Fortetesão pilinha chinesa) mas quando começares a deitar sangue nem te importas, porque o teu já cá canta e os tugas que se fo.dam.dentro em breve estarão nos 0.0015 com esta inteligencia RARA BCP BHUM!!

Amado devia receber conforme os resultados do BCP Há 1 semana

BCP, um cancro em fase terminal, levantou-se hoje! Milagre! Não entrem em euforia, pq a acção BCP é para cair e cotar abaixo de 1 euro no curto prazo! O Amado arrecada o chorudo vencimento de mais de 400 mil €/ano, imerecido! Quer lá saber q a acção BCP descambe pró c.a.ralho! O dele está a salvo!

ver mais comentários
pub