Bolsa BCP desliza 5% e arrasta bolsa nacional

BCP desliza 5% e arrasta bolsa nacional

A bolsa nacional iniciou a sessão em queda, à semelhança do resto da Europa, num dia em que o BCP está a registar fortes perdas.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 07 de fevereiro de 2017 às 08:07
O PSI-20 recua 0,70% para 4.564,94 pontos, com oito cotadas em queda, cinco em alta e cinco inalteradas. Entre os congéneres europeus a tendência é idêntica, com os principais índices a cederem perante as incertezas políticas que marcam o panorama nos EUA e na Europa com especial enfoque para França, cujas eleições vão decorrer em Abril/Maio. 

A pesar na negociação estão os resultados apresentados esta manhã, por empresas como o BNP Paribas e a BP, cujos números ficaram aquém do esperado. 

Na praça nacional, o BCP é o que mais condiciona, ao perder 5,42% para 0,164 euros, depois de onter ter sido a única cotada do PSI-20 a subir. As acções do banco liderado por Nuno Amado reflectira, na segunda-feira, os dados do aumento de capital conhecidos na sexta-feira, já após o fecho do mercado. 

Ainda na banca, o BPI desce 1,90% para 1,085 euros, naquele que é o último dia da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pelo CaixaBank. Os espanhóis oferecem 1,134 euros por cada acção, o que significa que os títulos estão a negociar 4,3% abaixo da contrapartida, naquele que é o último dia em que os investidores poderão vender as suas acções na OPA.

A pesar na negociação está também a Jerónimo Martins, que recua 0,32% para 15,595 euros, enquanto a rival Sonae SGPS está a subir 0,37% para 0,81 euros. 

No sector da energia, a Galp recua 0,51% para 13,765 euros, enquanto o grupo EDP sobe e atenua as quedas na praça lisboeta. A EDP avança 0,08% para 2,662 euros e a EDP Renováveis aprecia 0,30% para 6,022 euros. 

(Notícia actualizada com mais informação)



A sua opinião22
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Prever a variação diária de um titulo é só necessário recorrer ao seu histórico e desde 2007 o histórico do BCP fala por si...o problema é o dia 9/2 mas mais grave é o deslizamento silencioso da acção que vai acontecer a partir dessa data serão meses a deslizar até aos 5 centimos é pena mas é verdad

Anónimo Há 3 semanas

vejam as analises do ulises pereira analista ele é que tem razao

Visionario Há 3 semanas

A Blackrock e um mega fundo que aposta em posicoes longas e ao mesmo tempo faz short, Sao especialistas nisso! Esqueçamos!
Hj bnp Paribas apresentou resultados, com um per de 20! Em 2017 bcp vai apresentar resultados positivo de 600 milhoes. × 20= 12000 milhoes! Se esta a transacionar a 2000milhoes

Sousa Há 3 semanas

O BCP tem neste momento as melhores prespectivas dos ultimos anos. Quer isto dizer que vai subir de certeza? De todo. A situação económica portuguesa e dos bancos a nivel mundial é de grande incerteza e o próprio BCP tem de mostrar que já ultrapassou a crise (leia-se imparidades). Eu estou longo.

ver mais comentários
pub