Bolsa BCP e EDP levam bolsa nacional para terreno positivo

BCP e EDP levam bolsa nacional para terreno positivo

A bolsa nacional inverteu para o lado dos ganhos na primeira sessão do ano, impulsionada pelas subidas do BCP e da EDP. Na Europa, os principais índices também seguem com sinal verde.
BCP e EDP levam bolsa nacional para terreno positivo
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria 02 de janeiro de 2017 às 11:20

A bolsa nacional, que iniciou em queda a primeira sessão de 2017, já inverteu para terreno positivo, sustentada pelas subidas do BCP e da EDP. O PSI-20 avança, nesta altura, 0,68% para 4.711,13 pontos, com 15 cotadas em alta, duas em queda e uma inalterada.

Na Europa, os principais índices também inverteram para o lado dos ganhos, depois de ter sido divulgado que a actividade industrial da Zona Euro atingiu um máximo de quase seis anos em Dezembro. Os dados levaram o Stoxx50 para máximos de mais um ano, apesar da fraca liquidez que marca a sessão na Europa. Isto num dia em que muitas praças bolsistas ainda estão encerradas devido ao ano novo – como Xangai, Tóquio, Reino Unido e Estados Unidos – e muitas matérias-primas, como o petróleo, não estão a negociar.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, valoriza 0,45% para 363,06 pontos, animado sobretudo pelas empresas do sector automóvel.

No plano nacional, o BCP valoriza 1,92% para 1,0916 euros, depois das fortes descidas registadas no início da semana passada terem levado as acções para um novo mínimo histórico intradiário de 1,02 euros no passado dia 29 de Dezembro.

Ainda na banca, o BPI negoceia inalterado em 1,131 euros enquanto o fundo do Montepio desce 0,24% para 42 cêntimos.

Já a EDP ganha 0,86% para 2,919 euros, numa altura em que a maioria das cotadas da energia segue em alta. A EDP Renováveis soma 0,17% para 6,046 euros, a REN ganha 0,7% para 2,717 euros e a Galp Energia contraria a tendência com uma descida de 0,11% para 14,175 euros.

A animar o PSI-20 estão ainda a Jerónimo Martins, a Sonae, a Nos, a Corticeira Amorim e a Navigator.

No sector do retalho, a Jerónimo Martins valoriza 0,75% para 14,85 euros enquanto a Sonae sobe 0,8% para 88,1 cêntimos.

A Nos avança 0,83% para 5,685 euros, a Corticeira Amorim ganha 1,56% para 8,633 euros e a Navigator valoriza 1,65% para 3,319 euros.


A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 02.01.2017

Subidas do BCP = a Isco para apanhar BCPatos

comentários mais recentes
Anónimo 05.01.2017

enquanto algum sistema financeiro for gerido por garotos, que a única coisa tem na cabeça é vigarizar, e encherem a pança deles sem escurpulos daquilo que roubam aos pequenos investidores que confiaram nesses garotos nojentos, isto vai tudo ao fundo, anda-se nisto à quarenta anos, mete nojo.

Skizy 02.01.2017

"Tanta conversa que o BCP ia a 0,75€ antes do fim de ano, com tantos a dizerem mal vendi com prejuízo e agora é sempre a subir".
Sempre a subir? Tem a certeza que esta ver o grafico do BCP. ainda a 2 dias fechou num novo mínimo histórico. Esta abaixo do valor de micro aumento de capital chinês.

Anónimo 02.01.2017

COFINA:PENALIZADA POR AUTORIZAÇÃO AUMENTO CAPITAL ATÉ 51,3 M€ QUE EXPIROU:
AssembleiaGeral autorizou Conselho Administração aumentar capital até 51,3 M€,que expirou 31/12/2016,sem ser exercida,pág 18em http://www.cofina.pt/~/media/Files/C/Cofina/press/releases/2016press/cofina-rel-contas-dez-15.pdf

Anónimo 02.01.2017

Tanta conversa que o BCP ia a 0,75€ antes do fim de ano, com tantos a dizerem mal vendi com prejuízo e agora é sempre a subir. Nunca mais me fio nos comentários, querem é que o pessoal venda para comprarem barato. Agora terei que voltar a comprar mas vou esperar para ver se ainda desce.

ver mais comentários
pub