Bolsa BCP e energia ditam abertura negativa do PSI-20

BCP e energia ditam abertura negativa do PSI-20

O PSI-20 negoceia no valor mais baixo em mais de uma semana, na segunda sessão consecutiva de perdas. Na Europa, o vermelho também domina.
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 30 de janeiro de 2018 às 08:18

A bolsa nacional está a negociar em queda esta terça-feira, 30 de Janeiro, pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a descer 0,38% para 5.708,51 pontos, o valor mais baixo em mais de uma semana. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, 12 estão em queda, duas em alta e quatro inalteradas.

Na Europa a tendência é igualmente negativa, no dia em que serão divulgados vários dados económicos, incluindo a inflação na Alemanha, o PIB da Zona Euro e a confiança dos consumidores.

Em Lisboa, o BCP, a EDP Renováveis e a Galp Energia são as cotadas que mais penalizam o PSI-20. O banco liderado por Nuno Amado recua 0,64% para 32,74 cêntimos, a EDP Renováveis cai 1,06% para 7,015 euros e a petrolífera perde 0,63% para 15,77 euros, em mais um dia de quedas do petróleo nos mercados internacionais.

Ainda na energia, a EDP desvaloriza 0,21% para 2,863 euros e a REN sobe ligeiros 0,08% para 2,558 euros.

A contribuir para a tendência negativa do PSI-20 está também a Jerónimo Martins – com uma desvalorização de 0,35% para 17,285 euros – mesmo depois de o BPI ter revisto em alta o preço-alvo para as acções de 18,10 para 18,70 euros.

A Sonae também foi alvo de melhorias no seu target – de 1,30 para 1,50 euros – seguindo os títulos a valorizar 0,94% para 1,287 euros.