Bolsa BCP e Galp levam Lisboa a segundo dia de ganhos

BCP e Galp levam Lisboa a segundo dia de ganhos

A recuperação dos preços do petróleo e a fraqueza do euro impulsionaram respectivamente os ganhos das energéticas e dos títulos dos sectores exportadores e afastaram as acções europeias de mínimos de mais de dois meses. O PSI-20 esteve entre os ganhos mais modestos.
A carregar o vídeo ...
Paulo Zacarias Gomes 03 de julho de 2017 às 16:43

A bolsa portuguesa fechou a sessão desta segunda-feira, 3 de Julho, a ganhar valor pelo segundo dia, continuando a recuperar dos mínimos de 18 de Maio verificados no final da semana passada.

O PSI-20 avançou 0,53% para 5.180,43 pontos, a acompanhar a tendência de ganhos do resto do Velho Continente, sendo no entanto uma das praças com valorizações mais modestas no panorama europeu.

No índice nacional, o maior ganho coube ao BCP - avançou 2,04% para 0,2405 euros - enquanto o Montepio ganhou 1,24% para 0,488 euros, depois de na sexta-feira ter sido conhecido o reforço de capital de 250 milhões de euros subscrito pela associação mutualista e o princípio de acordo com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa que abre a porta à sua entrada no capital.

A Galp esteve também entre os títulos que coleccionaram maiores ganhos (1,81% para 13,495 euros) enquanto a Pharol terminou o dia com ganhos de 1,31% para 0,309 euros depois de se saber que o fundador do Societé Mondiale e accionista da Oi, Nelson Tanure, entrará na administração da sucessora da Portugal Telecom.

Igualmente a contribuir para o sinal mais estiveram os CTT e a Jerónimo Martins, enquanto a outra retalhista, a Sonae, perdeu 1,75% para 0,957 euros. Neste universo teve também origem uma das maiores perdas diária do índice - os 2% da Sonae Capital -, seguida de perto pela Navigator (-2,27% para 3,695 euros), cujas acções deixam a partir de hoje de dar direito à distribuição de reservas livres a pagar a partir de quarta-feira.

Já a EDP fechou com uma queda de 0,24% para 2,856 euros no dia em que foi conhecido que o ex-ministro da Economia Manuel Pinho é arguido na investigação judicial às rendas da energética e ao apoio financeiro da energética às suas aulas na universidade de Columbia.

Fora do índice, a Impresa afundou 7,13% para 0,443 euros, no dia em que anunciou o lançamento de um empréstimo obrigacionista de até 35 milhões de euros e numa altura em que o mercado dos media em Portugal aguarda por desenvolvimentos de um eventual negócio entre a Altice e a Prisa para a compra da TVI.

Os ganhos das energéticas - apoiados na oitava sessão de subidas para o preço do barril de petróleo em Londres, que ganha actualmente 1,35% para 49,43 dólares - deram  sinal positivo às negociações na Europa, levando os títulos do Velho Continente aos primeiros ganhos em cinco sessões, avançando mais de 1% e descolando de mínimos de mais de dois meses.

O sector financeiro e o automóvel também contribuíram, numa altura em que o euro cede de máximos de mais de um ano registados na quinta-feira passada, ainda na sequência das declarações de Mario Draghi interpretadas pelo mercado como sinais de intenção de retirada de estímulos.

Nas praças norte-americanas - hoje com uma sessão mais curta, em virtude do feriado do Dia da Independência, terminando as transacções às 18:00, hora em Portugal continental, e encerrando amanhã - as negociações seguem sem tendência comum, com o tecnológico Nasdaq a colocar-se de fora dos ganhos registados no industrial Dow Jones (que chegou a tocar um máximo histórico no início da sessão) e no S&P 500.

(Notícia actualizada às 16:47 com mais informação)




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pires 03.07.2017

"anónimo" continuas a ser um grande filho duma grande puta
não estarás a fazer alguma confusão na tua cabeça..

Anónimo 03.07.2017

o pires é o massa bruta ranhoso da boina rosa pereira gosta do sardão do criador de touros

pires 03.07.2017

se o bcp vai duplicar e triplicar como alguns dizem, será que a guerra nuclear não vem antes?
ou se o nosso amigo criador de touros venda com alguns lucritos, será que o nosso amigo depois com os lucros será que não vira a guerra de repente e ele goza os lucros e a vida?

King kong 03.07.2017

Carrega BCP!! So preciso ke vão aos 0.245.criador de touros elas vão subir é preciso calma. Vamos Acreditar !!

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub