Bolsa BCP e retalho levam PSI-20 para mínimos de quase oito semanas

BCP e retalho levam PSI-20 para mínimos de quase oito semanas

A bolsa nacional, em mínimos do início de Julho, cai pela segunda sessão consecutiva, acompanhando o pessimismo que marca a negociação na Europa.
BCP e retalho levam PSI-20 para mínimos de quase oito semanas
Bruno Simão/Negócios
Rita Faria 28 de agosto de 2017 às 10:59

A bolsa nacional segue em terreno negativo esta segunda-feira, 28 de Agosto, pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a deslizar 0,39% para 5.146,02 pontos, o valor mais baixo desde o dia 7 de Julho.

Lisboa acompanha a tendência negativa das principais praças europeias, numa altura em que a valorização da moeda única está a penalizar as empresas exportadoras. O euro já esteve a negociar hoje em máximos de Janeiro de 2015, depois de, no encontro de Jackson Hole, que terminou no sábado, o presidente do BCE ter sinalizado que a inflação continua abaixo da meta e a líder da Fed, Janet Yellen, não ter dado qualquer indicação sobre o rumo dos juros nos EUA, pressionando o dólar.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, desce 0,35% para 372,76 pontos, com o alemão DAX a liderar as perdas (-0,57%) e o londrino Footsie encerrado devido à comemoração de um feriado.

Na bolsa nacional, o BCP e as cotadas do sector do retalho são as que mais penalizam o PSI-20. O banco liderado por Nuno Amado desce 1,28% para 22,29 cêntimos – o valor mais baixo desde 4 de Agosto – depois de na sexta-feira ter deslizado 1,83%. Os títulos da instituição voltaram a atrair o interesse de "hedge funds" que procuram beneficiar com a descida das acções. Como noticiou o Negócios na semana passada, os "shorts" no BCP atingiram o nível mais alto desde o aumento de capital.

No retalho, a Jerónimo Martins cai 0,72% para 16,53 euros e a Sonae recua 0,82% para 96,2 cêntimos.

Na energia, a EDP e a EDP Renováveis ganham 0,4% para 3,229 euros e 6,85 euros, respectivamente, e a Galp Energia desvaloriza 0,04% para 13,75 euros.

A contribuir para a queda do PSI-20 estão ainda as cotadas do sector da pasta e do papel, com a Navigator a perder 0,38% para 3,632 euros, a Altri a cair 0,59% para 3,728 euros e a Semapa a recuar 0,91% para 15,32 euros.

A Pharol, que apresenta os seus resultados do segundo trimestre esta segunda-feira, cai 1,25% para 31,6 cêntimos. 




A sua opinião14
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
ó massinha OLHA A BOLHA a 0.275 28.08.2017


ó massinha AINDA esta semana vais ver o MILENIUM BCP a 0.275 se quiseres APOSTO um ALMOÇO CONTIGO

ó massinhas vão - te cortar o COISO 28.08.2017

ó MASSINHAS se tu e a TUA EQUIPA continuarem a MALHAR e a DEPENAR o MILENIUM BCP VÃO - TE cortar o coiso POIS ANDAS a DELAPIDAR patrimonio NACIONAL ou então cortante as mãos para não ANDARES aqui SEMPRE no BOTA ABAIXO BCP

Anti Burros 28.08.2017

Estes idiotas do "ganhar 65%" pensam que enganam os outros. Sim, sobe 65% desde o AC, mas e o que perderam nos anos anteriores não conta?? Ou vão-me dizer que todos os accionistas só entraram no ultimo AC e no tempo do BCP a 5 euros não andavam por lá também? ahahaha

h 28.08.2017

o bcp está completamente falido, fujam enquanto é tempo.o incompetente n.amado o que fez nos últimos 5 anos foi triturar mais de 7000 milhões de euros aos acionistas em 6 aumentos de capital.preparou o bcp para o chinoca/shorta que entrou no capital em novembro tendo pago 1,4 cents por ação,ruina!

ver mais comentários
pub