Câmbios Bitcoin volta a disparar e já vale mais de 14 mil dólares

Bitcoin volta a disparar e já vale mais de 14 mil dólares

A criptomoeda mais conhecida do mundo está imparável. Só esta semana já subiu mais de 30%, o que equivale a mais quase 3.500 dólares.
Bitcoin volta a disparar e já vale mais de 14 mil dólares
Sara Antunes 07 de dezembro de 2017 às 07:18
A bitcoin continua a disparar nos mercados. Despois de ter disparado mais de 13% na quarta-feira, 6 de Dezembro, esta criptomoeda volta a brilhar subindo mais de 7% para 14.324,5 dólares. Ou seja, um novo recorde. 

Nestes quatro dias de negociação da semana, a bitcoin já valorizou 31,4%, o que representa mais 3.425 dólares por unidade. 

Têm sido vários os alertas emitidos sobre as moedas electrónicas, com a bitcoin a ser a mais conhecida. Há quem avise que se trata de uma bolha que rebentará em breve, mas também há quem duvide desta perspectiva e aposte nas criptomoedas.

 

Um dos últimos alertas foi deixado pelo prémio Nobel da Economia Joseph Stiglitz que defendeu que a bitcoin deveria ser banida, já que não serve "nenhuma função socialmente útil". E já houve países que proibiram o recurso a estes activos para fazer negócio, como é o caso da China.

 

E esta quinta-feira a Valve, a maior loja de jogos online nos EUA e Europa, anunciou que vai deixar de aceitar criptomoedas como forma de pagamento. Esta decisão é justificada com as elevadas comissões de transacção e com a volatilidade que se tem assistido no preço.

 

Por outro lado, há mais de 100 hedge funds dedicados às divisas digitais. E esta quinta-feira a ASX, o principal operador de acções e derivados da Austrália, anunciou que vai começar a usar o blockchain – software que gera as bitcoins entre outras criptomoedas - para realizar operações. 




Saber mais e Alertas
pub