Bolsa Bolsa cai pressionada pela generalidade das cotadas

Bolsa cai pressionada pela generalidade das cotadas

Só há uma cotada que contraria a tendência de queda no arranque desta última sessão da semana, num dia marcado pelo renovar dos receios em torno da Coreia do Norte, que realizou mais um lançamento de um míssil.
Bolsa cai pressionada pela generalidade das cotadas
Bruno Simão/Negócios
Sara Antunes 15 de setembro de 2017 às 08:06
O PSI-20 desce 0,37% para 5.182,46 pontos, num altura em que 16 cotadas exercem pressão. Apenas uma sobe.

A sessão deverá ser marcada pela publicação de um relatório da S&P para Portugal, com a expectativa de que esta agência de notação financeira eleve a perspectiva do "rating" nacional para "positiva", o que sugere que o próximo passo será a subida do "rating" de Portugal, o que, a confirmar-se, retirará o país do patamar considerado "lixo". Mas este evento só decorrerá ao final do dia, já após as bolsas estarem fechadas.

Destaque para as preocupações em torno da Coreia do Norte depois de Pyongyang ter voltado a disparar um míssil que sobrevoou o Japão. Este é já o segundo no espaço de um mês.

Este contexto está a pressionar a negociação bolsista na Europa, com o arranque de sessão a ser negativo entre as praças europeias. 

Na bolsa nacional, destaque para o BCP, que desce 1,11% para 0,2133 euros, numa altura em que a EDP cai 0,15% para 3,326 euros e a EDP Renováveis perde 0,69% para 7,01 euros. 

A Jerónimo Martins e a Sonae SGPS seguem a mesma tendência e recuam 0,18% para 16,565 euros e 0,10% paa 0,975 euros, respectivamente.

A excepção é a Novabase, que sobe 0,31% para 3,20 euros. Sem influenciar segue a Ibersol, que ainda não negociou qualquer título neste arranque de sessão.

Fora do PSI-20, a Impresa volta a descar-se ao subir 3,37% para 0,307 euros. Esta é a sexta sessão de ganhos para a dona da SIC, num período em que acumula uma subida superior a 36%. Este movimento segue-se a um período de quedas acentuadas, provocadas pelo cancelamento da emissão de dívida no montante de 35 milhões de euros, que tinha como objectivo refinanciar 30 milhões de euros que a Impresa terá de reembolsar no próximo ano. Contudo, esta operação foi cancelada, com a cotada liderada por Francisco Pedro Balsemão a justificar a decisão com "as alterações recentes no sector dos media". O que provocou perdas elevadas nas acções da Impresa.



A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Criador de Touros 15.09.2017

pessoal comprem bcp e não vão na conversa dos outros
vejam eu....... tenho um casamento eterno com este glorioso banco
não vão na conversa do caldeirão da bolsa aqui do jornal de negocios que dizem que bcp não vale mais de 20 centimos
eu acredito nesta esquerda em portugal
vão por mim, que acho que ainda não estou maluco nem psicotico
não tenham medo da guerra, que se ela vier bcp subira em flecha
não vendam com medo, aguentem
abraços

comentários mais recentes
Psiquiatra 15.09.2017

Avisam-se todos os frequentadores deste forum que há um sujeito que se diz SOCIALISTA utilizando vários nicks, tais como Massa Bruta, Ranhoso, Fanhoso, Da Boina, Rosa Pereira, Tavares, Maria Amélia, escroto, investidor, olx, Tomas, Carp Diem, h, Cipião, Hx400, g, supositório, Manel e outros, que padece de grave desequilíbrio mental gostando de insultar pessoas, UTILIZAR NICKS DE OUTROS, entre os quais o do Criador de Touros, do Lusa Atenas, AB e o meu, Psiquiatra. Quando ele ler este comentário irá apagá-lo, pois recusa retratar-se e tratar os outros com respeito. Tenham paciência com ele pois é muito infantil.

Anónimo 15.09.2017

andas a marchar porco de direita criador de touros, olha o que fez o teu primo passos coelho
depois diz que o problema é da esquerda

Passos vendeu empresa de diamantes dias antes de o Governo cair
Uma semana após tomar posse e quatro dias antes de o seu Governo cair, o antigo primeiro ministro

DR. BCP 15.09.2017

EU JA COMPREI

Criador de Touros 15.09.2017

acabei de comer a minha paprica ao almoço
foi um bom vinho tinto de uma colheita 2010 de um bom vinho alentejano
agora para fazer auxiliar a digestão vou fazer uma caminhada de 3 horas pelas ruas da minha freguesia
quando eu vier tenho a certeza que o meu bcp vai estar positivo, bem no verde
estou tão feliz com este matrimonio
até mais logo....

ver mais comentários