Bolsa Bolsa de Lisboa avança pela quinta sessão

Bolsa de Lisboa avança pela quinta sessão

A praça lisboeta abriu a negociação desta quarta-feira em terreno positivo, impulsionada pelos ganhos da Galp, da Nos e da Jerónimo Martins. É a quinta sessão consecutiva de ganhos, a acompanhar a Europa e a seguir a recordes em Wall Street.
Paulo Zacarias Gomes 23 de Novembro de 2016 às 08:11
O principal índice nacional abriu a sessão desta quarta-feira, 23 de Novembro, a valorizar 0,41% para os 4.459,85 pontos, no quinto dia consecutivo de valorizações.

Lisboa segue, com a Europa, o optimismo nas praças asiáticas e norte-americanas, onde Wall Street fechou com novos máximos, com os investidores convictos que a maior economia do mundo está suficientemente robusta para suportar um esperado aumento de juros em Dezembro.

Naquela que é a maior série de ganhos desde início de Setembro, entre as acções portuguesas destacam-se as valorizações da Galp (soma 1,19% para 12,745 euros), da Nos, e do retalho, com a Sonae e a Jerónimo Martins a subirem entre 0,5% e 1%. Esta quarta-feira, a Deloitte revelou um estudo que conclui que os portugueses estão menos pessimistas do que há um ano e dispostos a aumentar o orçamento para este Natal.

A pesar no PSI-20 está a Mota Engil. A construtora afundava mais de 5% (-5,65% para 1,57 euros) na abertura, depois de ontem não ter apresentado resultados trimestrais, sendo a única empresa componente do principal índice português a usar esta prerrogativa prevista com a alteração do Código dos Valores Mobiliários.

Ontem o CaixaBI considerava que, com esta decisão, a empresa poderia penalizar a atractividade das acções, "uma vez que penaliza ainda mais a capacidade de acompanhar da melhor forma a evolução operacional da cotada", referia o analista José Mota Freitas.

Já o BCP recua 0,1% para 1,22 euros, um dia depois de a Chiado (veículo dos chineses da Fosun) ter comunicado ao mercado a posição qualificada de 16,7% no banco liderado por Nuno Amado. Também o BPI - que hoje retoma a assembleia-geral para decidir a venda de 2% do Banco Fomento Angola à Unitel, segue em terreno negativo (-0,18% para 1,127 euros). 

O ligeiro sinal vermelho no sector financeiro acontece no início de uma manhã em que Portugal regressa aos mercados, para a última emissão de dívida de longo prazo do ano. O IGCP estima levantar entre 500 e 750 milhões de euros, com os analistas a preverem que o Estado pague um juro mais alto.

(Notícia actualizada às 8:30 com mais informação)




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

Mota e Engil dispensou de apresentar resultados trimestrais pela nova lei, que tem caído a pique. Porque os investidores não sabem de resultados recentes desta empresa. Ainda a pouco dias esteve a 1,85 e agora está a 1,62. Quando começar a subir alguns vão ganhar bons euros, eu não estou dentro mas estive a pouco tempo.

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Quando é que o BCP começa a subir ?
Maldita acção que só me tem entalado.
TENHO A IMPRESSÃO QUE SÓ SUBIRÁ, SE ESTA ADMINISTRAÇÃO FOR MUDADA.

Anónimo Há 1 semana

PAPELEIRAS, HA MUITO TEMPO QUE ANDO A GRITAR, COMPREM NAVIGATOR. E NINGUEM ME QUIS HOUVIR, ESTARAO ARREPENDIDOS, MAS AINDA VAO A TEMPO, TARGET DE 4.80 euros

Anónimo Há 1 semana

Mota e Engil dispensou de apresentar resultados trimestrais pela nova lei, que tem caído a pique. Porque os investidores não sabem de resultados recentes desta empresa. Ainda a pouco dias esteve a 1,85 e agora está a 1,62. Quando começar a subir alguns vão ganhar bons euros, eu não estou dentro mas estive a pouco tempo.

Anónimo Há 1 semana

Dica: BCP
Comprar e ficar quieto.
E mais não digo.

pub