Bolsa Bolsa de Lisboa com primeiras perdas em quatro sessões

Bolsa de Lisboa com primeiras perdas em quatro sessões

O principal índice nacional acompanha a tendência do arranque no Velho Continente, onde a tomada de mais-valias leva as acções a cair pela primeira vez em seis dias.
A carregar o vídeo ...
Paulo Zacarias Gomes 13 de setembro de 2017 às 08:10
O início da sessão na praça portuguesa está a ser de ligeira perda para as acções do principal índice nacional, que abriu em recuo de 0,09% para 5.133,76 pontos. 

Ao fim de três sessões com ganhos, o PSI-20 inicia esta quarta-feira, 13 de Setembro, em terreno negativo, determinado pelas quedas do BCP, Jerónimo Martins, REN e EDP Renováveis.

Os títulos do banco privado recuam 0,52% para 0,2089 euros, após ontem terem fechado a ganhar mais de 4%, no dia em que o IGCP volta a testar os mercados de financiamento externo com uma emissão a 10 anos em que espera levantar entre 750 milhões e 1.000 milhões.

A Mota-Engil cede 0,04% para 2,678 euros depois da forte valorização de ontem, dia em que foi confirmado que a construtora assegurou contratos de 320 milhões na área dos resíduos da Costa do Marfim.

Com apenas seis cotadas do lado dos ganhos (quatro não apresentavam variação e as restantes oito tinham performance negativa), a maior valorização cabe à Pharol, que soma 0,98% para 0,31 euros. Suspensa continua a negociação das unidades de participação do Montepio, numa altura em que se aguarda pela transformação em sociedade anónima, o que levará à saída de bolsa. 

Também a EDP está com apreciações - de 0,6% para 3,341 euros - depois de o jornal espanhol Expansión noticiar a existência de contactos entre Isidro Fainé, o líder da Gas Natural, e a China Three Gorges, maior accionista da EDP. Há dois meses surgiram rumores de contactos entre as duas empresas tendentes a uma possível fusão, o que foi negado por ambas as companhias.

Em manhã de desvalorização ligeira dos preços do barril de petróleo em Nova Iorque (acima dos 48 dólares) e em Londres (acima dos 54 dólares), a Galp soma 0,04% para 14,265 euros. Nos e Sonae também acompanham as valorizações, igualmente inferiores a 0,5%. 

A Semapa ganha 0,2% para 15,145 euros, um dia depois de ter sido anunciado que o Norges Bank deixou de ter participação qualificada na empresa. 

O início negativo da sessão na Europa sucede a um fecho misto nos principais mercados asiáticos, onde as acções ainda assim voltaram a tocar um máximo de 10 anos apesar da queda verificada nos títulos de muitos fornecedores dos novos iPhone, depois da apresentação dos modelos esta terça-feira.

A tomada de mais-valias ocorre ainda num cenário de desafio da Coreia do Norte à aprovação de novas sanções a Pyongyang - que promete "duplicar esforços" para aumentar a sua força em resposta às penalizações - e numa altura em que decorre a intervenção do presidente da Comissão Europeia no âmbito do estado da União, perante o Parlamento Europeu.

(Notícia actualizada às 8:25 com mais informação)



A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Manel 13.09.2017

o Advogado maluco, psicópata, Criador de Touros irá estar por aqui todo o dia, se quiserem alguma informação sobre o Bcp contactem-no.

comentários mais recentes
um tostãozinho para os shorts do BCP 13.09.2017

Coitadinhos dos shorts do MILENIUM BCP já há dois dias que não COMEM NADA vamos fazer uma coleta para os DESGRAÇADOS não morrerem há FOME vamos lá um TOSTÃOZINHO a cada UM que é para os POBREZINHOS não MORREREM há FOME

dr. bcp 13.09.2017

vao se foder com os vossos comentarios.

Anónimo 13.09.2017

Massa bruta ao pé do criador de touros és nada, alinha pá, se não és um desgraçado a vida toda.

Criador de Touros 13.09.2017

O Criador de Touros está ligado aos mercados 18 horas por dia e lê os jornais mais importantes um pouco por todo o mundo. Convém estar atento e mesmo assim elas às vezes acontecem. Ignorem as más educações e exponham as vossas opiniões sobre os mercados, isso é que é importante.

ver mais comentários
pub