Bolsa Bolsa de Lisboa em alta com Corticeira Amorim e Semapa em máximos históricos

Bolsa de Lisboa em alta com Corticeira Amorim e Semapa em máximos históricos

A Corticeira Amorim e a Semapa já renovaram máximos históricos nesta sessão, embora estejam agora a atenuar as valorizações. O PSI-20 continua a negociar no verde, com um ganho inferior a 0,50%.
Bolsa de Lisboa em alta com Corticeira Amorim e Semapa em máximos históricos
Bloomberg
Ana Laranjeiro 20 de junho de 2017 às 12:01

A bolsa de Lisboa continua a negociar em terreno positivo, num dia em que três cotadas já tocaram em máximos, duas delas o valor mais elevado de sempre. O PSI-20 sobe 0,28% para 5.345,29 pontos, com 12 cotadas em alta, cinco em queda e duas inalteradas.

Em Lisboa destaque para as acções da Corticeira Amorim e Semapa, que atingiram máximos históricos, e a Sonae que negociou no valor mais elevado em mais de um ano. Assim, a empresa de cortiça já subiu 1,49% para 13,295 euros, máximo histórico. Por esta altura, o título segue inalterado nos 13,10 euros.


No sector da pasta e do papel, a Semapa valoriza 0,17% para 17,38 euros, depois de ter já valorizado 1,50% para 17,61 euros, o que corresponde ao valor mais elevado de sempre. A Navigator ganha 1,58% para 4,063 euros. A Altri, por outro lado, desce 0,79% para 4,373 euros.


A Sonae, por esta altura, ganha 0,10% para 97 cêntimos, depois de ter subido 1,86% para 98,7 cêntimos, o valor mais elevado desde Abril do ano passado. Ainda no sector do retalho, a Jerónimo Martins ganha 0,92% para 18,05 euros.


A Nos ganha 1,13% para 5,481 euros.

No sector energético, o grupo EDP a casa-mãe sobe 0,33% para 3,065 euros e a EDP Renováveis sobe 0,13% para 7,038 euros. A REN ganha 0,27% para 2,924 euros. A Galp Energia, por sua vez, está em terreno negativo, recuando 0,77% para 13,555 euros, isto numa altura em que os preços do petróleo registam uma queda ligeira nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para as importações nacionais, cede 0,06% para 46,88 dólares por barril.

Na banca nacional, o BCP desliza 0,16% para 24,25 cêntimos. E o Montepio segue inalterado nos 52,8 cêntimos.

Entre as restantes praças europeias, o sentimento é sobretudo de ganhos. As acções do sector dos media estão a impulsionar as praças europeias. O optimismo quanto à evolução económica dos EUA está também a alimentar o comportamento das bolsas europeias.




A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
TUDO NO VERMELHO 20.06.2017

tudo no vermelho e vai continuar amanha, realizar mais valias,

forte short-squeeze VAI levar BCP a 0.50 20.06.2017


OH amigo CRIADOR DE TOUROS acha que os 0.50 ainda viram este mês ou só para o mês que vem é que eu tenho aqui 800 mil euros se calhar iam todos para o nosso MILENIUM BCP o que acha desta aplicação MUITO OBRIGADO

GLINTT 20.06.2017

Só mãos fracas vendem GLINTT. ela sobe sem euforias...

OPA NO BCP SANTANDER ou FOSUN 20.06.2017



SANTANDER OU FOSUN UM DELES VAI FICAR MAIS DE 51 % DO MILENIUM BCP DEPOIS DE OPA E CONTRA OPA ......... SÓ SUBSISTE A DÚVIDA QUAL DELES SERÁ ........ MAS UMA COISA É CERTA O VALOR NUNCA SERÁ INFERIOR A 1 EURO POR AÇÃO

ver mais comentários
pub