Bolsa Bolsa nacional cai e soma maior ciclo de quedas em mais de um mês

Bolsa nacional cai e soma maior ciclo de quedas em mais de um mês

A praça lisboeta fechou em queda pelo terceiro dia seguido, o que representa a mais longa série de perdas do PSI-20 em mais de um mês. Quedas do sector energético, financeiro e da Jerónimo Martins pressionaram. 
Bolsa nacional cai e soma maior ciclo de quedas em mais de um mês
Miguel Baltazar/Negócios
David Santiago 22 de junho de 2017 às 16:42

O índice PSI-20 encerrou a sessão desta quinta-feira, 22 de Junho, a perder 0,51% para 5.244,98 pontos, com 13 cotadas a negociar em queda e as restantes seis em alta. Foi a terceira sessão de perdas consecutivas do principal índice nacional, o que configura o maior ciclo de perdas da bolsa lisboeta em mais de um mês.

A praça lisboeta transaccionou em mínimos de 8 de Junho numa sessão em que esteve sempre em terreno negativo. Já na Europa o sentimento dividiu-se entre ganhos e perdas. 

Por cá, foram os sectores da energia, financeiro e também a Jerónimo Martins que mais pressionaram o PSI-20. Em contrapartida, os ganhos alcançados pela Sonae e pela Nos impediram uma queda ainda mais acentuada da bolsa nacional. 

A EDP desvalorizou 1,06% para 2,998 euros, depois de na noite da passada quarta-feira a cotada liderada por António Mexia ter anunciado uma emissão de dívida no valor de mil milhões de dólares, obrigações com maturidade em Julho de 2024 e um cupão de 3,625%. A contrariar a tendência predominante no sector esteve a a EDP Renováveis que acabou o dia a somar 0,16% para 7,01 euros.

Continuando na energia, a REN recuou 2,44% para 2,841 euros e a Galp perdeu 0,61% para 13,105 euros , isto num dia em que o preço do petróleo segue a recuperar face aos mínimos de Novembro registado esta quarta-feira.

Na banca, o BCP deslizou 0,21% para 0,2365 euros com o banco liderado por Nuno Amado a ser penalizado pelas perdas da sua maior accionista, a Fosun, que registou fortes perdas em bolsa depois de o regulador chinês para o sector financeiro, 
o China Banking Regulatory Commission (CBRC), ter iniciado uma investigação em que questiona vários bancos sobre os créditos concedidos a cinco empresas para adquirirem companhias estrangeiras. A Bloomberg escreve que o regulador quer informações sobre empréstimos concedidos a empresas como a Fosun ou o HNA Group.


Também o Montepio fechou em queda com as respectivas unidades de participação a recuarem 1,96% para 0,50 euros.

Nota negativa ainda para a Jerónimo Martins que deslizou 1,07% para 17,575 euros, enquanto a Sonae somou 1,17% para 0,954 euros no dia em que a retalhista inaugura uma nova loja em Carnaxide, que representou um investimento de cinco milhões de euros.

Também a impedir uma maior desvalorização da bolsa lisboeta esteve a Nos que somou 0,46% para 5,475 euros. Em sentido inverso, a Pharol caiu 1,31% para 0,301 euros.

Destaque para a Corticeira Amorim que apesar de ter fechado a sessão a resvalar 0,76% para 13,07 euros, estabeleceu um novo máximo de sempre durante o dia ao negociar nos 13,30 euros por acção. 

 
(Notícia actualizada às 17:00)




A sua opinião42
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado foste apanhado a uns anos Há 3 semanas

"Não vale a pena"
o teu caso é mesmo do foro psiquiatrico
"Não vale a pena", sabemos que es o Criador de Touros disfarçado
nem dormes, e estás logo aqui em directo para responder
metes-te a escuta, e a mirar o que os outros escrevem aqui escondidinho...
estás mesmo apanhado Criador de Touros.
estás com uma paranoia, porque ainda deves estar a perder uns 100% ou 120% no Bcp, ou sejas estás bem descapitulizado ainda, que vem ai a guerra e ficas-te casado com o teu banco para sempre, ressanbiado.

comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

O 630 gosta de evocar a pescaria em particular as "percas".... eu bem dizia, quanta ignorância!!!

da Boina Há 3 semanas

andas apanhadinho Criador de Touros
ainda tomas calamantes para dormir?
eu não tomo nada
mas eu acho que andas enfrascado não é
andas meio maluco

Criador de Touros Há 3 semanas

O problema dos shorts que aqui andam a dizer mal do BCP é só um: se fecham a posição perdem tudo ou quase tudo, é verdade ou não ?...Parecem garotos a queixarem-se.

BCP+FOSUN+Deutsche Bank Há 3 semanas

Tudo farinha do mesmo saco... nem o Deutsche Bank se safa, visto estar tomado pelos mesmos chineses! Lembram-se que foi este banco alemão que aumentou o "price target" ao BCP para 0,30€? Agora percebem não percebem? Tudo um esquema de vigarices e para não variar com o BCP pelo meio! Não há vergonha.

ver mais comentários
pub