Bolsa Bolsa nacional cai e soma maior ciclo de quedas em mais de um mês

Bolsa nacional cai e soma maior ciclo de quedas em mais de um mês

A praça lisboeta fechou em queda pelo terceiro dia seguido, o que representa a mais longa série de perdas do PSI-20 em mais de um mês. Quedas do sector energético, financeiro e da Jerónimo Martins pressionaram. 
Bolsa nacional cai e soma maior ciclo de quedas em mais de um mês
Miguel Baltazar/Negócios
David Santiago 22 de junho de 2017 às 16:42

O índice PSI-20 encerrou a sessão desta quinta-feira, 22 de Junho, a perder 0,51% para 5.244,98 pontos, com 13 cotadas a negociar em queda e as restantes seis em alta. Foi a terceira sessão de perdas consecutivas do principal índice nacional, o que configura o maior ciclo de perdas da bolsa lisboeta em mais de um mês.

A praça lisboeta transaccionou em mínimos de 8 de Junho numa sessão em que esteve sempre em terreno negativo. Já na Europa o sentimento dividiu-se entre ganhos e perdas. 

Por cá, foram os sectores da energia, financeiro e também a Jerónimo Martins que mais pressionaram o PSI-20. Em contrapartida, os ganhos alcançados pela Sonae e pela Nos impediram uma queda ainda mais acentuada da bolsa nacional. 

A EDP desvalorizou 1,06% para 2,998 euros, depois de na noite da passada quarta-feira a cotada liderada por António Mexia ter anunciado uma emissão de dívida no valor de mil milhões de dólares, obrigações com maturidade em Julho de 2024 e um cupão de 3,625%. A contrariar a tendência predominante no sector esteve a a EDP Renováveis que acabou o dia a somar 0,16% para 7,01 euros.

Continuando na energia, a REN recuou 2,44% para 2,841 euros e a Galp perdeu 0,61% para 13,105 euros , isto num dia em que o preço do petróleo segue a recuperar face aos mínimos de Novembro registado esta quarta-feira.

Na banca, o BCP deslizou 0,21% para 0,2365 euros com o banco liderado por Nuno Amado a ser penalizado pelas perdas da sua maior accionista, a Fosun, que registou fortes perdas em bolsa depois de o regulador chinês para o sector financeiro, 
o China Banking Regulatory Commission (CBRC), ter iniciado uma investigação em que questiona vários bancos sobre os créditos concedidos a cinco empresas para adquirirem companhias estrangeiras. A Bloomberg escreve que o regulador quer informações sobre empréstimos concedidos a empresas como a Fosun ou o HNA Group.


Também o Montepio fechou em queda com as respectivas unidades de participação a recuarem 1,96% para 0,50 euros.

Nota negativa ainda para a Jerónimo Martins que deslizou 1,07% para 17,575 euros, enquanto a Sonae somou 1,17% para 0,954 euros no dia em que a retalhista inaugura uma nova loja em Carnaxide, que representou um investimento de cinco milhões de euros.

Também a impedir uma maior desvalorização da bolsa lisboeta esteve a Nos que somou 0,46% para 5,475 euros. Em sentido inverso, a Pharol caiu 1,31% para 0,301 euros.

Destaque para a Corticeira Amorim que apesar de ter fechado a sessão a resvalar 0,76% para 13,07 euros, estabeleceu um novo máximo de sempre durante o dia ao negociar nos 13,30 euros por acção. 

 
(Notícia actualizada às 17:00)




A sua opinião42
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado foste apanhado a uns anos 22.06.2017

"Não vale a pena"
o teu caso é mesmo do foro psiquiatrico
"Não vale a pena", sabemos que es o Criador de Touros disfarçado
nem dormes, e estás logo aqui em directo para responder
metes-te a escuta, e a mirar o que os outros escrevem aqui escondidinho...
estás mesmo apanhado Criador de Touros.
estás com uma paranoia, porque ainda deves estar a perder uns 100% ou 120% no Bcp, ou sejas estás bem descapitulizado ainda, que vem ai a guerra e ficas-te casado com o teu banco para sempre, ressanbiado.

comentários mais recentes
Anónimo 22.06.2017

O 630 gosta de evocar a pescaria em particular as "percas".... eu bem dizia, quanta ignorância!!!

da Boina 22.06.2017

andas apanhadinho Criador de Touros
ainda tomas calamantes para dormir?
eu não tomo nada
mas eu acho que andas enfrascado não é
andas meio maluco

Criador de Touros 22.06.2017

O problema dos shorts que aqui andam a dizer mal do BCP é só um: se fecham a posição perdem tudo ou quase tudo, é verdade ou não ?...Parecem garotos a queixarem-se.

BCP+FOSUN+Deutsche Bank 22.06.2017

Tudo farinha do mesmo saco... nem o Deutsche Bank se safa, visto estar tomado pelos mesmos chineses! Lembram-se que foi este banco alemão que aumentou o "price target" ao BCP para 0,30€? Agora percebem não percebem? Tudo um esquema de vigarices e para não variar com o BCP pelo meio! Não há vergonha.

ver mais comentários
pub