Bolsa Bolsa nacional cai pelo segundo dia pressionada pela REN e Mota-Engil

Bolsa nacional cai pelo segundo dia pressionada pela REN e Mota-Engil

A praça lisboeta terminou o dia no vermelho, a segunda queda consecutiva num dia em que o principal índice nacional foi penalizado em especial pelas perdas da Jerónimo Martins, da Mota-Engil, do BCP e da REN.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 10 de abril de 2017 às 16:42

O PSI-20 fechou a sessão desta segunda-feira, 10 de Abril, a perder 0,34% para 4.693,80 pontos, com nove cotadas em queda, sete em alta e três inalteradas, na segunda sessão seguida em que a praça lisboeta transaccionou em terreno negativo. Foi um dia sem sentimento definido na Europa, com as principais praças europeias divididas entre ganhos e perdas na primeira sessão desta semana.  

 

No plano nacional foram a Mota-Engil e a REN que mais penalizaram o PSI-20, com a construtora a perder 0,56% para 16,755 euros, num dia em que a cotada chegou a negociar em máximos de Novembro de 2015, e a REN a desvalorizar 4,93% para 2,775 euros, na primeira vez em que a cotada caiu nas últimas 13 sessões.    

Foi a maior queda diária da REN desde o Brexit, isto depois de na sexta-feira a empresa ter anunciado que chegou a acordo para adquirir a Portgás à EDP, numa operação que avalia a EDP Gás em mais de 500 milhões de euros. Para concretizar a operação, a REN vai aumentar o capital em 250 milhões de euros mediante uma uma oferta pública de subscrição.

Ainda no sector energético, o grupo EDP não registou variações, com a EDP e a EDP Renováveis a acabarem o dia inalteradas nos 3,18 e 6,99 euros, respectivamente. Nota ainda para a Galp Energia que somou 0,34% para 14,57 euros acompanhando assim a tendência de valorização do preço do petróleo, que sobe mais de 1% tanto em Nova Iorque como em Londres. Na capital inglesa o Brent está a subir 1,03% para 55,81 dólares por barril. 

Nota negativa também para a Jerónimo Martins, que resvalou 0,56% para 16,755 euros, e para a Sonae que deslizou 0,33% para 0,918 euros. 

O BCP também fechou no vermelho, com o banco liderado por Nuno Amado a perder 0,33% para 0,1799 euros. 

A impedir uma maior desvalorização da bolsa lisboeta esteve a Navigator e a Sonae Capital, com a primeira a ganhar 0,32% para 3,795 euros, num dia em que tocou no valor mais alto desde Dezembro de 2015, e a segunda a somar 0,58% para 0,871 euros, numa sessão em que negociou em máximos de Dezembro de 2009.  

(Notícia actualizada às 16:54)




A sua opinião19
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Fanhoso 10.04.2017

boas tardes
não sejam ganaciosos
estamos a beira dum eminente ataque nuclear
eua-russia-coreia do norte-irão-estado islamico etc etc
já faltou mais
estamos a beira do abismo
façam como eu, invistam em barras de ouro, que será a moeda de troca no futuro proximo
o papel em moeda e as ações deixarão de valer quando começar essa guerra que estará para breve
eu se sobreviver a guerra com o ouro poderei fazer bons negocios, ter negocios, comprar terrenos, mandar fazer infraestruturas etc
quem tiver notas e ações comera ervas quando começar a guerra
a barra de ouros de 100 gramas, 200 gramas, meio kilo, um kilo
e só preciso dinheiro para as comprar e eu tenho felizmente

comentários mais recentes
Anónimo 10.04.2017

Boa noite a todos.
Acho que trump apenas quis dizer claramente quem manda.Ainda bem que Ainda são os
EUA
E todo o mundo vai aceitar
Não acredito em dramatizações.Isto vai acalmar .
Por cá temos de aguardar.A nossa bolsa é frágil.As eleições Francesas vão perturbar os mercados.

Fanhoso 10.04.2017

alguns falam que os Americanos teem uma bomba muito potente que se for largada nem a guerra começa
mas cuidado
que os russos tem a bomba mais potente
a chamada "Star Bomba"
pesquisem na internet sobre a "Star Bomba" , uma bomba que arrasa toda a europa.
os russos tem mais 400 ou 500 bombas nucleares que os americanos
e muitas bombas dos russos são invisiveis aos radares
o emisferio norte em caso de guerra será muito devastado em relação ao emisferio sul
as nações que tem bombas nucleares agora querem a guerra a toda a força......
porque se for daqui a uns anos, que essas nações terão muito mais armamento nuclear, e outras nações que o terão também, que mais vale agora descarregar agora tudo que daqui a uns anos que será muito muito pior, para a civilização sobreviver....

Fanhoso 10.04.2017

Criador de Touros, e tu não me cumprimentas?
eu que só tenho dito bem de ti
estou chocado

Criador de Touros 10.04.2017

Não brincando com coisas sérias, por aqui há dias hilariantes, como o de hoje.Coisas sérias: os nossos investimentos e as nossas cautelas. É verdade que o mundo está cheio de líderes doidos, mas não são só eles que mandam, ao lado deles há gente com mais juízo. Há dois focos de instabilidade e os mercados assinalam já um, a geo-política, o outro, as eleições francesas. É preciso paciência para isto.Cumprimentos ao Artista, AB, Visionário, Little Bull, Mendes e demais amigos destas andanças.

ver mais comentários
pub