Bolsa Bolsa nacional cai pelo segundo dia pressionada pelo retalho e Nos

Bolsa nacional cai pelo segundo dia pressionada pelo retalho e Nos

A praça lisboeta negociou no vermelho pelo segundo dia seguido, numa sessão em que as quedas da Jerónimo Martins e da Sonae pressionaram, assim como as perdas registadas e pela Nos.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 11 de maio de 2017 às 16:44

O PSI-20 fechou a sessão desta quinta-feira, 11 de Maio a perder 0,38% para 5.231,08 pontos, com 14 cotadas a negociar em queda e as restantes cinco em alta, na segunda sessão seguida em que a bolsa lisboeta transaccionou em terreno negativo.


A bolsa nacional acompanhou a tendência de perdas que marcou a sessão de hoje na generalidade das principais praças europeias. O índice de referência europeu Stoxx 600 fechou no vermelho, interrompendo uma série de dois dias seguidos em alta, que ontem o levaram para máximos de Agosto de 2015.

 

As perdas registadas nas bolsas europeias acontecem no dia em que o governador do banco central inglês, Mark Carney, admitiu que a autoridade monetária por si liderada não preparou planos de contingência para a eventualidade de a saída britânica da União Europeia se concretizar de forma desorganizada.

 

No plano nacional o sector do retalho esteve em destaque pela negativa. A Jerónimo Martins recuou 0,74% para 16,81 euros, enquanto a Sonae resvalou 2,57% para 0,949 euros, no dia em que a cotada descontou o dividendo de 4 cêntimos que começará a ser pago aos accionistas a partir do dia 15 de Maio.

 

Também a pressionar esteve o BCP e a Nos, com o banco liderado por Nuno Amado a deslizar 0,31% para 0,2253 euros, e a operadora de telecomunicações a cair 1,56% para 5,429 euros.

Num dia de perdas generalizadas, nota negativa ainda para a EDP Renováveis que recuou 0,34% para 7,015 euros e para a REN que desvalorizou 0,42% para 2,868 euros, isto no dia em que os accionistas da empresa aprovaram o aumento de capital no valor de 250 milhões de euros e em que foi também validada a distribuição de um dividendo de 17,1 cêntimos referente ao exercício financeiro de 2016.

 

Continuando no sector energético, a impedir uma maior queda da praça lisboeta esteve a EDP, que ganhou 0,46% para 3,266 euros, e a Galp Energia que apreciou 0,99% para 14,285 euros, com a petrolífera a seguir a valorização do petróleo nos mercados internacionais, numa altura em que o Brent, negociado em Londres e utilizado como valor de referência para as importações nacionais, sobe 1,35% para 50,90 dólares por barril.

A Altri registou a maior queda na praça lisboeta, ao recuar 4,45% para 4,186 euros, no dia em que a cotada descontou o dividendo de 25 cêntimos que pagará aos accionistas. 

Apesar de ter cedido 0,03% para 15,295 euros, e à imagem do já sucedido na última sessão, a Semapa atingiu um novo máximo de sempre ao tocar nos 15,415 euros. Na quarta-feira, a "holding" de Pedro Queiroz Pereira reportou lucros de 14,3 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano, uma queda de quase 19% face ao período homólogo. Resultados que superaram as estimativas dos analistas.

Nota ainda para a Sonae Capital que somou 2,93% para 0,914 euros, o valor mais alto atingido pela cotada desde Outubro de 2009.


(Notícia actualizada às 16:54)




A sua opinião14
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Para o Sr. G 11.05.2017

Serão mais que 21 mamões, porque infelizmente no BCP, e um pouco por todo o lado, existem pessoas que cobram salário e nada fazem... mas com calma o BCP será gerido tendo em conta o problema dos excedentários, balcões inclusive!

comentários mais recentes
Piranha 11.05.2017

Bcp respirar pra semana passa resistência 0.24 próxima 0.40

Piranha 11.05.2017


Bcp a respirar e normal ! Para a semana passa a resistência 0.24 e aí proxima 0.40 o costa está a arranjar solução ao crédito mal parado as agências vão subir raiting vai stock 600 a alguma dúvida .
Ps o mercado antecipa acordem economia a crescer

Criador de Touros 11.05.2017

É de esperar que a Fosun traga alguns dos muitos MM para o BCP e a cotação poderia assim Amar pelos Dois, com final feliz também para a excelente canção de Portugal ao Festival da Eurovisão, em Kiev. Está de parabéns Luisa Sobral, a compositora e o irmão, o intérprete, Salvador Sobral. É a melhor canção que Portugal já levou. A primeira vez que vi a interpretação, não gostei muito da parte cénica, mas agora que já li sobre o interprete, gosto. Gostei ainda mais quando o vi na net tocá-la ao piano. A música tem características de Jazz Standard. É também a melhor canção de sempre da Eurovisão. Sei que a compositora estudou jazz nos EUA. O tipo de acordes que ela usou, são muito do meu agrado e já a toquei e cantei à guitarra e farei o mesmo ao piano um dia destes quando estiver na quinta. Vi na net crianças espanholas a cantar a canção portuguesa: fantástico professor aquele. A RTP deve investir a sério na Eurovisão, como fez este ano com estes irmãos, pois trata-se aqui da imagem de Portugal no estrangeiro. Portugal tem pessoas a escrever muito bem e tem bons músicos, também. Afinar é importante. Portugal está neste momento no centro das atenções na Eurovisão, com uma boa causa. Para mim já ganhou. Aguarda-se igualmente a qualquer momento uma grande vitória de todos os investidores BCP. Estou muito tranquilo e optimista. Estou a deixar correr o marfim e com ganas de facturar, não estou aqui para mais nada.

Criador de Touros 11.05.2017

Fui há pouco ver gráficos e análise técnica do BCP e a recomendação era: COMPRAR EM FORÇA !! O site onde eu fui é muito popular aqui entre os comentadores, por isso saberão do que estou a falar. Os analistas dão valores à cotada bem acima dos actuais. A cotação anda a preparar o salto, que poderá acontecer a qualquer momento, bastará um movimento de compra mais em força e os touros cavalgarão em cima dos ursos, tais cow-boys lusitanos, espicaçando as suas ensanguentadas cavalgaduras e quando essas moribundas bestas estiverem a finar, os touros com as suas afiadas pontas darão nelas o golpe de misericórdia. O guião está escrito. Cumprimentos e bons negócios

ver mais comentários
pub