Bolsa Bolsa nacional cai pelo segundo dia pressionada pelos CTT e Pharol

Bolsa nacional cai pelo segundo dia pressionada pelos CTT e Pharol

Depois de três sessões seguidas a valorizar, a bolsa lisboeta fechou em queda pela segunda sessão consecutiva, contrariando assim a tendência dominante de ganhos verificada na Europa. As descidas dos CTT e da Pharol penalizaram.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 21 de dezembro de 2017 às 16:40

O PSI-20 encerrou a sessão desta quinta-feira, 21 de Dezembro, a desvalorizar 0,19% para 5.396,53 pontos, com 13 cotadas em queda e cinco em alta. Na Europa a tendência foi de ganhos com as principais praças europeias a terminarem o dia em alta. O índice de referência europeu Stoxx 600 valorizou em especial apoiado pelos ganhos registados pelo sector financeiro do Velho Continente. 

A penalizar de forma mais determinante o sentimento em Lisboa estiveram os CTT e a Pharol. Os correios nacionais recuaram 1,48% para 3,601 euros, enquanto a Pharol deslizou 4,30% para 0,267 euros. 


Os CTT corrigiram assim face aos ganhos acumulados nas últimas três sessões bolsistas, em que a empresa liderada por Francisco Lacerda beneficiou do optimismo dos investidores em relação ao plano de reestruturação que prevê o corte de 800 postos de trabalho. 

Já a queda da Pharol acontece numa altura em que, com a aprovação do plano de recuperação judicial da operadora brasileira Oi (detida em cerca de 27% pela empresa portuguesa), a antiga PT SGPS verá diluída a respectiva posição na Oi. 

No sector energético o sentimento dividiu-se, embora tenha prevalecido a tendência de quedas. A EDP recuou 0,45% para 2,864 euros e a EDP Renováveis resvalou 0,44% para 6,72 euros, um dia depois de a empresa liderada por Manso Neto ter anunciado que assegurou novos contratos de aquisição de energia (CAE) no Brasil, para 218 MW de geração eólica, o que eleva a 482 MW os projectos de energia eólica naquele país, entre parques em construção e desenvolvimento. Na véspera a EDP tinha anunciado que a sua participada brasileira EDP Brasil tinha comprado uma participação 14,46% do total das acções da Centrais Elétricas de Santa Catarina (33,1% das acções ordinárias e 1,9% das acções preferenciais), por 59,2 milhões de euros.


Também a REN cedeu ligeiros 0,08% para 2,451 euros. Já a Galp Energia somou 0,19% para 15,55 euros seguindo a valorização do preço do petróleo nos mercados internacionais. 

Nota negativa ainda para a Nos que perdeu 0,65% para 5,50 euros. 

A travar uma maior descida do PSI-20 esteve a Jerónimo Martins que apreciou 1,47% para 15,865 euros. Ainda no retalho, a Sonae perdeu 1,19% para 1,164 euros, isto numa sessão em que a retalhista tocou em máximos de Agosto de 2015. Destaque pela positiva ainda para o BCP que cresceu 0,11% para 0,2705 euros. 


Fora do PSI-20, a Sonae Indústria disparou 11,42% para 3,649 euros numa sessão em que a cotada transaccionou no valor mais alto (3,70 euros) desde 2 de Dezembro de 2014.

(Notícia actualizada às 17:01)




A sua opinião16
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Destaque pela positiva ainda para o BCP 21.12.2017

Que chatice. Pobres ressabiados. Assim a azia não lhes passa.

Azarucho.

O que vale é que estão a ficar ricos com a Pharol...que vale 1€. Ou talvez 2€.

Ainda mais azarucho.

comentários mais recentes
DR BCP : DIGA 0.33 22.12.2017





É já dentro de 15 dias e MAIS não posso dizer SENÃO sou FUZILADO

Anónimo 21.12.2017

Os CTT estão a apontar para cima não tardará estará nos 4 euros.

re: o dos 0,18€ 21.12.2017

Este tb deixou marca a alguns comentadorescomentadores BCP, sem duvida alguma! Alguns meses depois de ter acertado na mucha ainda hoje se fala nele! Deixou uma azia dos diabos aos chamados BCPatos! Bom, honra lhe seja feita!

os finados do BCP 21.12.2017

Não tendo eu nada a haver com esta pouca vergonha do assunto BCP, uma coisa é certa, este BCP deixou uma legião de finados... doutra forma não vinham para aqui a dizer disparates a toda a hora... comprem outros titulos e recuperem. Já é tempo.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub