Bolsa Bolsa nacional com a maior série de ganhos em mais de um ano

Bolsa nacional com a maior série de ganhos em mais de um ano

O principal índice da bolsa nacional está a subir pela oitava sessão consecutiva, algo que já não acontecia desde Julho de 2016. Neste período a praça portuguesa está a acumular um ganho superior a 4%.
Bolsa nacional com a maior série de ganhos em mais de um ano
Bruno Simão/Negócios
Sara Antunes 19 de setembro de 2017 às 10:44

O PSI-20 está a subir 0,30% para 5.298,97 pontos, num altura em que 12 cotadas estão a contribuir para a subida, enquanto as restantes seis que completam o índice estão a pressionar. O principal índice da bolsa nacional está assim a subir há oito dias consecutivos, o que já não acontecia desde Julho de 2016. 

Neste período, o índice nacional acumula um ganho de 4,4%, sendo que uma parte significativa desta subida foi registada nestes últimos dois dias de negociação, com a praça lisboeta a beneficiar da subida do "rating" por parte da Standard & Poors, que retirou Portugal do patamar considerado de "lixo". Esta decisão animou a negociação bolsista e levou os juros associados à dívida nacional para mínimos do final de 2015.

Esta terça-feira, o BCP, que já ontem registou fortes ganhos, segue a subir 1,99% para 0,231 euros. O banco liderado por Nuno Amado tem sido dos mais beneficiados pela decisão da S&P, sendo que a banca é dos sectores mais expostos a este tipo de eventos. Nos últimos dois dias, o BCP acumula um ganho de 7,7%.

Destaque para a Galp Energia que está a descer 1,43% para 14,175 euros, no dia em que desconta o dividendo intercalar de 25 cêntimos por acção, que a petrolífera vai distribuir aos seus accionistas pelo exercício deste ano. Se não fosse este ajuste técnico, as acções da Galp estariam a subir 0,32%.

Ainda no sector da energia, a EDP soma 0,27% para 3,298 euros, no dia em que o Negócios noticia que os chineses da Three Gorges querem reforçar a sua posição no capital da eléctricaO plano chinês pode passar por realizar um aumento de capital com o objectivo de fazer novas aquisições. 

No sector da pasta e papel o dia também está a ser positivo, com a Navigator a subir 0,56% para 3,982 euros, depois de ontem ter sido alvo de um research do BPI onde a casa de investimento elevou a avaliação da empresa.  A Semapa também cresce 0,16% para 15,52 euros e a Altri, que foi alvo de uma redução de avaliação por ser a mais exposta às oscilações do dólar, está a subir 1,75% para 4,01 euros.