Bolsa Bolsa nacional em alta apoiada pela Jerónimo Martins, Nos e BCP

Bolsa nacional em alta apoiada pela Jerónimo Martins, Nos e BCP

A praça lisboeta negoceia em terreno positivo pelo segundo dia seguido, num início de sessão marcado pelos ganhos conseguidos pela Jerónimo Martins, pelo BCP e pela Nos.
David Santiago 13 de janeiro de 2017 às 08:08
O PSI-20 abriu a sessão desta sexta-feira, 13 de Janeiro, a ganhar 0,56% para 4.618,23 pontos, com 13 cotadas a negociar em alta, uma em queda e quatro inalteradas. Depois de cinco sessões consecutivas a perder valor, a bolsa lisboeta transacciona hoje em terreno positivo pelo segundo dia seguido. 

A apoiar os ganhos do principal índice nacional neste início de sessão está a subida da Jerónimo Martins que começou o dia a avançar 1,37% para 16,28 euros. Nota ainda para a Nos que valoriza 0,96% para 5,361 euros e para o BCP que soma 0,97% para 0,83 euros, com o banco liderado por Nuno Amado a negociar em alta pela primeira vez em seis sessões. 

Depois das fortes quedas que se seguiram ao anúncio do aumento de capital no valor de 1,3 mil milhões de euros, tendo o BCP perdido mais de 200 milhões de euros em cinco sessões, o banco anunciou ontem esperar voltar ao pagamento de dividendos aos accionistas dentro de dois anos. A agência de "rating" DBRS acredita que o BCP regresse aos lucros em 2017 e mantenha a melhoria da sua rentabilidade. Mas continua apreensiva em relação ao peso do malparado.

Também em alta está o sector energético, com a Galp Energia a apreciar 0,42% para 14,30 euros, a REN a crescer 0,12% para 2,592 euros, a EDP a subir 0,25% para 2,774 euros e a EDP Renováveis a valorizar 0,69% para 5,80 euros.

 

Além da empresa liderada por Manso Neto, também a Sonae, a Navigator e a Corticeira Amorim constam entre as cotadas favoritas do CaixaBI para o ano bolsista de 2017. A Navigator sobe 0,60% para 3,34 euros, a Corticeira Amorim cresce 0,33% para 8,75 euros, enquanto a Sonae cede 0,24% para 0,831 euros. 


(Notícia actualizada às 8:17)



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Ramos Há 1 semana

...Há bem pouco tempo se falou numa possivel OPA à IMPRESA ..
Entrei hoje e vou esperar...
.."OUTSIDER" a... considerar !!!


Anónimo Há 1 semana

Atenção á INAPA. Prepara-se para galgar a resistência dos 0,13 centimos. Compra da Papyrus em França irá impulsionar os resultados a longo prazo. Bom CEO ao contrário do que foi para o Montepio.

ABCDEF1 Há 1 semana

AMALDIÇOADOS SEJAM OS MOTAS E OS ENGILES.

pub