Bolsa Bolsa nacional em alta ligeira com subidas de BCP e Jerónimo Martins

Bolsa nacional em alta ligeira com subidas de BCP e Jerónimo Martins

A praça lisboeta começou o dia a negociar em terreno positivo, apoiada pelas subidas de cotadas como o BCP, a Jerónimo Martins e a Galp Energia.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 10 de maio de 2017 às 08:08
O PSI-20 abriu a sessão desta quarta-feira a crescer 0,08% para 5.258,78 pontos, num início de manhã com sentimentos repartidos nas principais praças do Velho Continente.

A apoiar os ganhos da bolsa lisboeta está o BCP que avança 0,22% para 0,227, isto depois de ontem o banco liderado por Nuno Amado ter transaccionado em máximos de Dezembro do ano passado após ter registado lucros de 50,1 milhões de euros nos primeiros três meses de 2017.  

Seguindo no sistema financeiro, as unidades de participação da Caixa Económica Montepio Geral sobe 0,48% para 0,419 euros. A instituição revelou ontem que no primeiro trimestre obteve um lucro de 11,1 milhões de euros, uma melhoria comparativamente com o prejuízo de 19,8 milhões de euros registado em igual período do ano passado.

 

Também a negociar no verde está a Jerónimo Martins que soma 0,18% para 17,03 euros, enquanto a outra retalhista cotada no PSI-20 (Sonae) segue inalterada nos 0,975 euros.

 

Destaque pela positiva ainda para a Galp Energia, que começou a sessão a ganhar 0,11% para 13,99 euros, assim acompanhando a valorização do petróleo nos mercados internacionais.

 

Continuando na energia, a EDP, que ontem tocou em máximos de Maio de 2016, perde 0,31% para 3,24 euros e a EDP Renováveis recua 0,33% para 6,98 euros, enquanto a REN cresce 0,17% para 2,89 euros.

Nota ainda para a Sonae Capital que valoriza 0,23% para 0,884 euros, isto depois de ontem ter comunicado que começará a distribuir o dividendo ilíquido de 10 cêntimos por acção a partir do dia 26 de Maio.


Em queda estão a negociar os CTT e a Nos, com os correios nacionais a deslizarem 0,33% para 5,78 euros e a operadora de telecomunicações a resvalar 0,27% para 5,51 euros.

Nota de destaque ainda para a Semapa que soma 1,03% para 15,155 euros, tendo já tocado nos 15,29 euros, um máximo de sempre para a cotada.

(Notícia actualizada às 8:17)

A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado ofon Há 2 semanas

Sousa, boa participação e, se possível, depois dê feedback

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Ter acções sonae faz mal à saúde das pessoas honestas ! Não compensa ! Amanhã, ex-dividendo, vai se tombo graúdo ! Demasiada manipulação para eles encherem os bolsos !

Anónimo Há 2 semanas

Mais do mesmo na mercearia sonae...

Anónimo Há 2 semanas

Sonae vermelhinha...é um amor de acção !

Anónimo Há 2 semanas

As acções transacionadas a partir do dia em que ficam ex-dividendo, ou seja sem direito ao dividendo do exercicio anterior, valem menos, precisamente por isso.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub