Bolsa Bolsa nacional em queda com Itália e Grécia a pressionar mercados  

Bolsa nacional em queda com Itália e Grécia a pressionar mercados  

A EDP e o BCP pressionam o PSI-20, enquanto a Galp Energia limita as perdas. Preocupações com Itália e Grécia preocupam investidores.
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 30 de maio de 2017 às 08:14

O PSI-20 abriu a cair 0,14% para 5.219,42 pontos, com a maioria das cotadas do índice em terreno negativo, em linha com o sentimento que se vive nas praças europeias, com a Itália e a Grécia no centro das preocupações dos investidores.

 

Itália já tinha pressionado os mercados na sessão de terça-feira, já que está a ganhar força a possibilidade de o país ter eleições antecipadas já este ano. Quanto à Grécia, o jornal alemão Bild noticiou que o Governo grego está preparado para prescindir da próxima tranche da ajuda de 7 mil milhões de euros, caso não seja possível fechar em breve um acordo com os credores. Atenas já negou a notícia, mas esta serviu para acentuar os receios com um possível Grexit.

 

Em Lisboa a abertura da sessão é de fracas oscilações, com a EDP a ser a cotada que mais pressiona o PSI-20. A eléctrica desvaloriza 0,82% para 3,16 euros e a EDP Renováveis segue o desempenho, com uma queda de 0,27% para 6,932 euros.  

 

Ainda a pressionar o índice português o Banco Comercial Português (BCP) desce 0,35% para 0,2272 euros e a Nos recua 0,22% para 5,468 euros.

 

A limitar as perdas está a Galp Energia, que soma 0,25% para 13,815 euros, numa sessão em que o petróleo está a subir pela terceira sessão.

 

A Teixeira Duarte recua 1,65% para 0,357 euros depois de ontem a empresa ter anunciado que reduziu os prejuízos no primeiro trimestre para 8,66 milhões de euros. Ontem as acções da construtora tinham subido mais de 10%.




A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
BCP 2016 --- 95 % BCP 2015 --- 90% 30.05.2017

BCP 2014 ---- 65 % BCP 2013 --- 75 % BCP 2012 ---- 55 % BCP 2011 ---- 45 % BCP 2010 ---- 70 % BCP 2009 --- 35 % BCP 2008 ----- 40 % BCP 2007 ---- 25 % UMA DÉCADA A CAIR ..... para subir 5 % em 2017

Pharol 30.05.2017

Péssimas perspectivas - é de fugir!!!

Anónimo 30.05.2017

Agora já estou mais descansado com as pombinhas! Sei que elas agora querem voar mais alto e só isso importa!

ENRAB..esguicho 30.05.2017

O nosso amigo e estratego ESGUICHE, no que concerne ás SONAES o seu comentário é de ler sempre com atenção embora discorde de alguns! Por vezes torna-se inseguro principalmente quando há movimentos anormais.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub