Bolsa Bolsa nacional fecha no verde à boleia do BCP e JM

Bolsa nacional fecha no verde à boleia do BCP e JM

A bolsa de Lisboa fechou o dia em alta, com o PSI-20 a subir animado pelas acções do BCP e Jerónimo Martins. Fora do principal índice, nota para as acções da Impresa, que terminaram o dia a disparar mais de 10%.
Bolsa nacional fecha no verde à boleia do BCP e JM
Ana Laranjeiro 26 de junho de 2017 às 16:43

A bolsa nacional terminou a primeira sessão da semana em alta, em linha com as principais praças europeias. O PSI-20 fechou a sessão desta segunda-feira, 26 de Junho, a subir 0,65% para 5.234,67 pontos, com 14 cotadas em alta e cinco em queda.

Entre as restantes praças europeias, o sentimento foi também de ganhos, com os principais índices a serem animados com as notícias que dão conta que o Governo italiano vai intervir em dois bancos problemáticos e cobrir as suas perdas com um pacote de resgate financeiro de até 17 mil milhões de euros.

Em Lisboa, destaque para as acções do BCP e da Jerónimo Martins. As acções do banco liderado por Nuno Amado terminaram o dia a subir 2,07% para 23,62 cêntimos. O Montepio subiu 0,42% para 48 cêntimos.

No sector do retalho, a Jerónimo Martins avançou 1,35% para 17,70 euros. E a concorrente Sonae ganhou 0,43% para 93,7 cêntimos.

Na energia não se verificou uma tendência definida, com a EDP Renováveis (subiu 0,56% para 7 euros) e a REN (ganhou 1,21% para 2,834 euros) com sinal positivo e a EDP e a Galp em queda. A eléctrica fechou o dia a cair 0,91% para 2,944 euros e a petrolífera cedeu 0,27% para 13,08 euros, isto numa altura em que o petróleo segue sem uma tendência definida nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para as importações nacionais, desliza 0,20% para 45,45 dólares por barril.

A Nos avançou 0,67% para 5,541 euros.


A Semapa valorizou 1,26% para 17,22 euros e a Navigator ganhou 0,33% para 3,945 euros. A Altri cedeu 0,35% para 4,216 euros.


Fora do PSI-20, nota para as acções da Impresa, que terminaram a disparar 10,55% para 44 cêntimos. Um comportamento que tem lugar depois de a Altice ter confirmado este domingo que a Altice está interessada em comprar a Media Capital, tendo para o efeito iniciado já "interlocuções exploratórias" com a Prisa.

A Cofina (dona do Correio da Manhã e Jornal de Negócios entre outras publicações) terminou o dia a subir 1,27% para 40 cêntimos.

 

(Notícia actualizada às 16:55)




A sua opinião23
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado joaoferreira1 26.06.2017

Shortalhada...fujam...fujam..dia 27 de julho são os resultados do BCP .......cavem eqto é tempo eheheheh

comentários mais recentes
Criador de Touros 26.06.2017

Os comentários não devem ser mal intencionados e terão de ser sempre minimamente explicativos, ou remeter para fonte/link. Pessoalmente não tenho nada contra desabafos, mas também acho que deverão ser sempre construtivos e explicativos. Neste espaço comenta todo o investidor que tem alguma coisa para dizer. Quem não tem nada para dizer não é investidor. Por outro lado, quem não gosta que não venha para aqui comer... Quanto aos que andam aqui a usurpar nicks, nem vale a pena fazer comentários.

Se o Tulisses também o diz... 26.06.2017

... é caso para ficar preocupado. Um tipo que olha para bonecos do passado e diz que adivinha o futuro, sem ligar aos valores fundamentais de uma empresa... Só acredita quem quer:

http://observador.pt/especiais/odisseia-de-ulisses-como-o-guru-da-bolsa-perdeu-90-dinheiro-dos-clientes/

Fechem o fórum 26.06.2017

Porque não fecham o fórum... não entendo o que pretende o JN com o resultado deste suposto serviço que faculta. Desde logo nada deveria permitir anonimatos, pelo que deveriam ser publicados os comentários com o e-mail associado às assinaturas. Salvo melhor opinião...

Criador de Touros 26.06.2017

O próprio Ulisses Pereira diz que o BCP está numa boa onda, quando ainda há pouco tempo tinha conversa de short.

ver mais comentários
pub