Bolsa Bolsa nacional regressa aos ganhos com BCP em alta

Bolsa nacional regressa aos ganhos com BCP em alta

A praça lisboeta iniciou o dia a negociar em terreno positivo, apoiada pelas subidas do BCP, que ganha perto de 5%, e pelo grupo EDP.
David Santiago 17 de janeiro de 2017 às 08:07
O PSI-20 abriu a sessão bolsista desta terça-feira, 17 de Janeiro, a somar 0,22% para 4.586,82 pontos, com oito cotadas a negociar em alta, seis em queda e as restante quatro inalteradas. A bolsa lisboeta contraria assim a tendência verificada neste início de sessão na generalidade das principais praças europeias.

A contribuir para o início de sessão positivo em Lisboa está o BCP, com o banco liderado por Nuno Amado a valorizar 4,90% para 0,1451 euros, isto no dia em que as acções do banco sofreram um ajuste técnico para reflectir o facto de passarem a negociar em bolsa destacadas dos direitos de subscrição do aumento de capital.

Ainda na banca, o BPI começou a sessão a subir 0,18% para 1,13 euros no dia em que começa a OPA lançada pelo CaixaBank ao banco liderado por Fernando Ulrich, isto depois de ontem a CMVM ter registado a oferta que termina no próximo dia 7 de Fevereiro. O preço oferecido pelos catalães é de 1,134 euros por cada acção que não está nas suas mãos.
Nota positiva também para o grupo EDP, com a EDP a avançar 1,37% para 2,807 euros e a EDP Renováveis a ganhar 0,87% para 5,80 euros.

Também em alta abriram os CTT com uma valorização de 1,36% para 6,19 euros. 

Destaque pela negativa neste início de sessão para a Corticeira Amorim que começou o dia a perder 1,20% para 8,50 euros. 

No resto da Europa, a condicionar as praças bolsistas está a iminência do discurso de Theresa May. A primeira-ministra britânica deverá esclarecer esta terça-feira alguns pontos sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, podendo advogar uma saída "dura" do espaço comunitário, com perda de acesso ao mercado comum.

Ainda a condicionar o apetite dos investidores está a incerteza em relação às políticas económicas do futuro presidente dos EUA, Donald Trump, a três dias da sua tomada de posse.

(Notícia actualizada às 8:38 com mais informação)



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
admin bem na vida Há 1 semana

Antes que aumente, dei ordem ao meu gestor de carteira, para analisar, se ru devo comprar 2 acções deste banco!

Anónimo Há 1 semana

Sonae sempre a brilhar...

Anónimo Há 1 semana

A inapta parece estar suspensa de negociação pois ainda não houve nenhuma transação! Será que se adivinham boas notícias?

ABCDEF1 Há 1 semana

Que a minha maldição caia sobre os motas e os engiles. Posso perder todo o
€ que lá tenho mas não desisto.

ver mais comentários
pub