Bolsa Bolsa nacional sobe para máximos de Dezembro de 2015

Bolsa nacional sobe para máximos de Dezembro de 2015

A praça lisboeta segue a negociar em máximos de quase um ano e meio, impulsionada pelas subidas do Montepio, que já atingiu um novo recorde, e da Jerónimo Martins, com a retalhista a transaccionar em máximos de Maio de 2013.
Bolsa nacional sobe para máximos de Dezembro de 2015
Bruno Simão/Negócios
David Santiago 31 de maio de 2017 às 12:47

O PSI-20 está esta quarta-feira, 31 de Maio, a subir 0,32% para 5.296,69 pontos, estando assim o principal índice nacional a transaccionar em máximos de Dezembro de 2015.

 

A bolsa lisboeta segue a tendência predominante na generalidade das principais praças europeias, que depois de um início de sessão repartido entre ganhos e perdas estão agora no verde.

 

A contribuir para as subidas registadas na Europa estão os indicadores económicos referentes à Zona Euro que foram divulgados esta manhã. A taxa de desemprego no bloco do euro recuou, em Abril, para o valor mais baixo em oito anos. Já a taxa de inflação caiu em Maio para 1,4%, distanciando-se da meta em torno de 2% definida como objectivo pelo Banco Central Europeu.

 

A impulsionar a praça lisboeta está o Montepio, que depois de ter começado o dia a aliviar face à subida superior a 46% obtida ontem, vê agora as unidades de participação da caixa económica subir 9,68% para 68 cêntimos, sendo que esta manhã já tocaram nos 95 cêntimos, um máximo de sempre.

 

Também a apoiar os ganhos em Lisboa está a Jerónimo Martins que avança 1,28% para 17,86 euros, com a retalhista a negociar em máximos de Maio de 2013. O que acontece depois de ontem ter sido revelado que as vendas a retalho no segmento alimentar aumentaram 3,4% em Abril comparativamente com o período homólogo. Seguindo no retalho, a Sonae recua 0,22% para 0,919 euros.

 

Na energia não existe uma tendência definida, já que a EDP ganha 0,75% para 3,229 euros, a EDP Renováveis soma 0,13% para 6,968 euros e a REN aprecia ténues 0,03% para 2,863 euros, enquanto a Galp Energia perde 1,26% para 13,73 euros. A petrolífera segue a tendência de forte queda dos preços do petróleo nos mercados internacionais, com o barril de crude a cair mais de 2% tanto em Londres como em Nova Iorque.

 

Também em alta está a Semapa, que tal como vem acontecendo nos últimos dias, já estabeleceu um novo recorde de sempre ao negociar nos 16,62 euros. A cotada está agora a subir 0,33% para 16,59 euros.

 

Nota positiva ainda para o BCP, que cresce 0,34% para 0,2327 euros, e para a Nos, que aprecia 0,31% para 5,45 euros.

 

A travar uma maior valorização da bolsa nacional estão os CTT, com os correios nacionais a desvalorizarem 1,24% para 5,59 euros. 


A sua opinião27
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
anonimo Há 3 semanas

Com tantos melhores titulos á venda no Psi20 e noutras praças como é que alguém lhe passa na cabeça comprar BCP, especialmente ao valor atual, quando o seu passado recente foi o que foi e o seu futuro é uma autentica incógnita? Mas anda tudo grosso???

Re: Re: Re: Re: Re: É só invejosos e ressabiados Há 3 semanas

Como já lhe disse, sirva-se á vontade! Eu volto em Setembro e não será para o BCP com TODA A CERTEZA!

Re: Re: Re: Re: É só invejosos e ressabiados Há 3 semanas

Este é o típico ignorante, que acha que uma ação varia consoante as "manipulações", "as forças do oculto", "as bolas de cristal". Aprenda, de uma vez por todas: no médio e longo prazo, o conta é o desempenho financeiro de uma empresa e, aí, o BCP está bem e recomenda-se!

Re: Re: anónimo Há 3 semanas

Este é o tipico caso dos novos acionistas BCP após Aumento de Capital (gabarolas), ou será um dos velhos disfarçados? Vai uma aposta?

ver mais comentários
pub