Bolsa Bolsa nacional sobe pela segunda sessão

Bolsa nacional sobe pela segunda sessão

O PSI-20 abriu em alta pela segunda sessão consecutiva, em linha com o comportamento das principais praças europeias.
Nuno Carregueiro 18 de Novembro de 2016 às 08:15

A bolsa nacional abriu em alta, em linha com as principais praças europeias, com o índice português a ser impulsionado pelas cotadas do Grupo EDP, Jerónimo Martins e Nos.

 

O PSI-20 valoriza 0,29% para 4.428,96 pontos, com 10 cotadas em alta, quatro em queda e outras quatro sem variação. Esta é a segunda sessão consecutiva de ganhos no índice português, que ganha terreno pela terceira vez esta semana.

 

Nas praças europeias o sentimento também é positivo, depois de ontem o S&P500 ter fechado próximo de recordes e já hoje as praças asiáticas terem negociado em alta. O discurso de Janet Yellen foi bem recebido pelos mercados, já que a presidente da reserva Federal manteve o discurso de aumentar as taxas de juro de forma ponderada.

 

A impulsionar o PSI-20 está a Nos, com uma valorização de 0,72% para 5,576 euros, depois da empresa ter anunciado uma subida de 2,5% nos preços dos pacotes de televisão, o que ficou aquém do que os analistas estavam à espera.

 

A EDP soma 0,33% para 2,719 euros depois de ontem ter anunciado uma oferta para recomprar dívida de até 500 milhões de euros. A EDP Renováveis avança 0,68% para 6,05 euros.

 

Ainda a impulsionar o PSI-20 a Jerónimo Martins soma 0,47% para 14,925 euros. A Galp, outro dos pesos pesados do índice português, cede 0,08%para 12,47 euros.

 

 

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Estamos lixados CUroka

pub