Bolsa Bolsa regista a maior série de quedas desde Janeiro

Bolsa regista a maior série de quedas desde Janeiro

A bolsa nacional voltou às quedas, recuando pelo quinto dia consecutivo, o que não acontecia desde Janeiro. O BCP, a EDP e a Nos estão entre as cotadas que mais penalizam o índice.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 08 de setembro de 2017 às 08:06
O PSI-20 desce 0,15% para 5.067,02 pontos, com oito cotadas em queda, quatro em alta e sete inalteradas. Entre os congéneres europeus a tendência é igualmente de perdas.

A bolsa nacional completa assim um ciclo de cinco sessões em queda, o que representa a maior série de descidas desde o início deste ano. 

Determinante para a descida da bolsa nacional continua o BCP, que volta a descer, ainda que de forma mais moderada. As acções do banco liderada por Nuno Amado recua 0,25% para 0,199 euros, acumulando uma descida de 12,14% esta semana. O BCP está a acompanhar a tendência dos congéneres europeus, que reflectem a perspectiva de manutenção de juros em níveis historicamente baixos por mais tempo, depois de ontem o BCE ter mantido todo o programa de estímulos à economia.

Apesar de se prever que o BCE mantenha os juros por mais tempo em mínimos, o presidente da instituição, Mario Draghi, apontou para Outubro como o mês em que se tomarão decisões sobre os estímulos. Esta perspectiva está a sustentar o euro contra o dólar, especialmente depois de alguns responsáveis da Reserva Federal (Fed) terem sugerido que a inflação ainda está longe da meta e por isso deverá haver alguma cautela na subida de juros. Assim, a moeda única europeia está a subir 0,31% para 1,2061 dólares.

Em queda, na bolsa nacional, estão também as acções da EDP, que perdem 0,34% para 3,225 euros, enquanto a EDP Renováveis sobe 0,29% para 6,945 euros. A Galp Energia está estável, nos 14,135 euros, numa altura em que o barril do Brent, negociado em Londres e referência para Portugal, está a apreciar 0,28% para 54,64 dólares.

A Nos também pressiona a bolsa, ao descer 0,60% para 5,287 euros.

(Notícia actualizada com mais informação)