Bolsa Bolsa nacional cai pela terceira sessão pressionada pelos CTT e Nos

Bolsa nacional cai pela terceira sessão pressionada pelos CTT e Nos

Num dia de fortes perdas para os CTT e a Nos, a praça lisboeta acumulou a terceira sessão a negociar no vermelho, acompanhando a tendência de quedas registada na Europa.
David Santiago 07 de Outubro de 2016 às 16:44

O PSI-20 encerrou a sessão desta sexta-feira, 7 de Outubro, a recuar 0,94% para 4.494,84 pontos, com 15 cotadas a negociar em queda e as restantes três que integram este índice a transaccionar em alta, naquela que foi a terceira sessão consecutiva em que a bolsa lisboeta negociou em terreno negativo. O PSI-20 atingiu mínimos de 16 de Setembro durante a última sessão desta semana, período em que acumulou perdas de 2,23%

 

O principal índice nacional acompanhou também a tendência verificada na generalidade das principais praças europeias, isto no dia em que o Banco Central Europeu (BCE) reiterou a hipótese de prolongar para além de Março do próximo ano o programa de compra de activos.

No plano nacional foram os CTT que mais pressionaram, numa sessão em que os correios nacionais perderam 3,19% para 5,562 euros, no quarto dia seguido a acumular perdas. A empresa liderada por Francisco Lacerda chegou mesmo a tocar nos 5,554 euros, um mínimo de Janeiro de 2014, isto no dia seguinte à cotada ter comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) revelou que o Norges Bank reforçou a participação nos correios nacionais de 4,47% para 5,58%.

 

Nota de destaque pela negativa também para a Nos que resvalou 1,67% para 5,90 euros.

Também a pressionar a bolsa nacional esteve o sector energético. A EDP deslizou 1,48% para 2,735 euros, a EDP Renováveis caiu 0,73% para 6,706 euros e a Galp Energia recuou 0,57% para 12,26 euros, com a petrolífera a seguir a tendência de queda do petróleo nos mercados internacionais, isto numa altura em que em Londres o Brent do Mar do Norte, utilizado como valor de referência para as importações nacionais, segue a cair 0,29% para 52,36 dólares por barril.

Sentimento dividido foi o registado pelo sector financeiro, com o BCP a desvalorizar 0,65% para 0,0154 euros, a Caixa Económico Montepio a perder 1,11% para os 0,445 euros, valor que representa um novo mínimo histórico para a cotada, enquanto o BPI somou ténues 0,09% para 1,129 euros. 

A travar uma descida mais acentuada do PSI-20 esteve a Jerónimo Martins que avançou 0,16% para 15,72 euros depois de ontem o Haitong ter aumentado o preço-alvo da retalhista de 15,70 para 16,70 euros. Ainda no sector do retalho, a Sonae terminou o dia a resvalar 1,44% para 0,684 euros.


(Notícia actualizada às 16:55)




A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
indiano Há 4 semanas

Vendam tudo que com um possivel 2 resgate isto vai descambar
exemplos de minimos
ed 1,80
nav 1,80

Fanhoso 07.10.2016

Trader ou melhor CUroka estás bem lixado
Eu bem te avisei.
Tens tantas dos Ctt, Impresa, e da Navigator, que estás entalado até ao pescoço.
Nem apareces agora né..
Tem atenção que vem aí uma tempestade perfeita
Mais agarrado vais ficar

venezuelano tuga 07.10.2016

Prevejo Bolsa tuga 1500 pontos em 2017
Segundo resgate a fundo

10011949 07.10.2016

DIVIDENDOS DA NAVIGATOR, 0.61 EUROS, , comprem ctt, sonae bancos, que eu compro ,navigator

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub