Bolsa Bolsa nacional cai pela terceira sessão pressionada pelos CTT e Nos

Bolsa nacional cai pela terceira sessão pressionada pelos CTT e Nos

Num dia de fortes perdas para os CTT e a Nos, a praça lisboeta acumulou a terceira sessão a negociar no vermelho, acompanhando a tendência de quedas registada na Europa.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 07 de outubro de 2016 às 16:44

O PSI-20 encerrou a sessão desta sexta-feira, 7 de Outubro, a recuar 0,94% para 4.494,84 pontos, com 15 cotadas a negociar em queda e as restantes três que integram este índice a transaccionar em alta, naquela que foi a terceira sessão consecutiva em que a bolsa lisboeta negociou em terreno negativo. O PSI-20 atingiu mínimos de 16 de Setembro durante a última sessão desta semana, período em que acumulou perdas de 2,23%

 

O principal índice nacional acompanhou também a tendência verificada na generalidade das principais praças europeias, isto no dia em que o Banco Central Europeu (BCE) reiterou a hipótese de prolongar para além de Março do próximo ano o programa de compra de activos.

No plano nacional foram os CTT que mais pressionaram, numa sessão em que os correios nacionais perderam 3,19% para 5,562 euros, no quarto dia seguido a acumular perdas. A empresa liderada por Francisco Lacerda chegou mesmo a tocar nos 5,554 euros, um mínimo de Janeiro de 2014, isto no dia seguinte à cotada ter comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) revelou que o Norges Bank reforçou a participação nos correios nacionais de 4,47% para 5,58%.

 

Nota de destaque pela negativa também para a Nos que resvalou 1,67% para 5,90 euros.

Também a pressionar a bolsa nacional esteve o sector energético. A EDP deslizou 1,48% para 2,735 euros, a EDP Renováveis caiu 0,73% para 6,706 euros e a Galp Energia recuou 0,57% para 12,26 euros, com a petrolífera a seguir a tendência de queda do petróleo nos mercados internacionais, isto numa altura em que em Londres o Brent do Mar do Norte, utilizado como valor de referência para as importações nacionais, segue a cair 0,29% para 52,36 dólares por barril.

Sentimento dividido foi o registado pelo sector financeiro, com o BCP a desvalorizar 0,65% para 0,0154 euros, a Caixa Económico Montepio a perder 1,11% para os 0,445 euros, valor que representa um novo mínimo histórico para a cotada, enquanto o BPI somou ténues 0,09% para 1,129 euros. 

A travar uma descida mais acentuada do PSI-20 esteve a Jerónimo Martins que avançou 0,16% para 15,72 euros depois de ontem o Haitong ter aumentado o preço-alvo da retalhista de 15,70 para 16,70 euros. Ainda no sector do retalho, a Sonae terminou o dia a resvalar 1,44% para 0,684 euros.


(Notícia actualizada às 16:55)




A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
indiano Há 2 semanas

Vendam tudo que com um possivel 2 resgate isto vai descambar
exemplos de minimos
ed 1,80
nav 1,80

Fanhoso Há 2 semanas

Trader ou melhor CUroka estás bem lixado
Eu bem te avisei.
Tens tantas dos Ctt, Impresa, e da Navigator, que estás entalado até ao pescoço.
Nem apareces agora né..
Tem atenção que vem aí uma tempestade perfeita
Mais agarrado vais ficar

venezuelano tuga Há 2 semanas

Prevejo Bolsa tuga 1500 pontos em 2017
Segundo resgate a fundo

10011949 Há 2 semanas

DIVIDENDOS DA NAVIGATOR, 0.61 EUROS, , comprem ctt, sonae bancos, que eu compro ,navigator

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub