Bolsa Bolsa nacional segue tendência de recuperação das praças europeias

Bolsa nacional segue tendência de recuperação das praças europeias

O PSI-20 está a ser impulsionado pela Jerónimo Martins e pelo Grupo EDP, numa sessão de recuperação entre as principais praças europeias.
Nuno Carregueiro 06 de Outubro de 2016 às 08:07

A bolsa nacional iniciou a sessão em alta ligeira, em linha com as praças europeias, que também estão a recuperar das perdas da véspera, que foram provocadas pelos receios de que o BCE vá abrandar a política de estímulos à economia.


O PSI-20 avança 0,16% para 4.582,38 pontos, com nove cotadas em alta, cinco em queda e as restantes sem variação.

As bolsas europeias estão a seguir o desempenho das praças asiáticas, que também tinham reflectido o fecho positivo em Wall Street. Isto porque foram publicados dados que deram conta de uma aceleração nos sectores industrial e dos serviços nos Estados Unidos. Estes dados elevaram as probabilidades de a Fed subir os juros já em Dezembro (está agora em 64%), o que agradou aos investidores.

A impulsionar as bolsas europeias estão também as cotadas do sector energético, a reflectir a recente tendência de alta nas cotações do petróleo, que levaram o WTI a negociar muito próximo dos 50 dólares o barril.


Em Lisboa o PSI-20 está a ser impulsionado sobretudo pelas cotadas do sector eléctrico, com a EDP Renováveis a somar 0,29% para 6,87 euros e a EDP a valorizar 0,43% para 2,832 euros. A Galp Energia recua 0,08% para 12,37 euros.


A Jerónimo Martins ganha 0,48% para 15,785 euros, no dia em que o Haitong cortou a recomendação das acções de "comprar" para "neutral". O preço-alvo é de 16,70 euros.


Em alta está também o sector financeiro, com o BCP a ganhar 0,65% para 1,55 cêntimos e o Banco BPI a valorizar 0,18% para 1,13 euros, em linha com o preço da OPA do CaixaBank. No lado das quedas destaque para a Mota-Engil, que cede 2,76% para 1,658 euros.




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Curoka 06.10.2016

a dias atrás disse para voçes comprarem Ctt e Impresa
mas isto não para de cair
tenho muitas e muitas, entalado como se diz na gíria
acho que vou aprender a shortar e vou shortar Ctt e Impresa porque já não tenho quase tutu
vai ser um natal muito triste

Anónimo 06.10.2016

Tudo verde menos os tugas e os brexits!!!

Anónimo 06.10.2016

Não será melhor escrever agora que as praças europeias começam a seguir a tendência da praça Portuguesa? A nossa bolsa marca a tendência com o António Costa a dirigir as operações, qual Merkel!

Anónimo 06.10.2016

O casino

ver mais comentários
pub