Bolsa Bolsas dos EUA caem pela primeira vez em nove sessões

Bolsas dos EUA caem pela primeira vez em nove sessões

Os índices norte-americanos estão a reflectir a descida do emprego no país, em Setembro, depois de terem atingido novos máximos na última sessão.
Bolsas dos EUA caem pela primeira vez em nove sessões
Reuters
Rita Faria 06 de outubro de 2017 às 14:36

As bolsas norte-americanas abriram em queda ligeira esta sexta-feira, 6 de Outubro, depois de oito sessões consecutivas de ganhos que levaram os três grandes índices para novos máximos históricos.

 

O índice industrial Dow Jones desce 0,13% para 22.746,64 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq recua 0,19% para 6.572,74 pontos. Já o S&P500 desvaloriza 0,16% para 2.547,95 pontos.

 

As acções estão não só aliviar dos ganhos recentes como também a reflectir os dados revelados esta sexta-feira que mostram que o emprego nos Estados Unidos desceu, em Setembro, pela primeira vez em sete anos, devido aos furacões Harvey e Irma, que deixaram muitos trabalhadores temporariamente sem trabalho e atrasaram contratações.

 

De acordo com os dados do Departamento do Trabalho, o número de empregos desceu em 33 mil no mês passado, quando os economistas antecipavam um aumento de 90 mil.

 

Ainda assim, a taxa de desemprego caiu de 4,4%, em Agosto, para 4,2% em Setembro, enquanto os salários cresceram 0,5%.

 

O comportamento dos mercados "tem a ver com os números desapontantes", indica Andre Bakhos, director da Janlyn Capital, citado pela Reuters, acrescentando, porém, que o fenómeno deverá ser "de curta duração".

 

Em destaque na sessão estão as acções da Costco, que descem 5,21% para 158,36 dólares, depois de a empresa ter reportado uma descida das margens devido à intensa guerra de preços entre as retalhistas.

 

Também a Walgreens Boots Alliance desce 1,77% para 75,59 dólares, a reflectir o corte da recomendação e preço-alvo por parte do Morgan Stanley. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
a razão do BCP descer 06.10.2017

Simples, ninguém acredita nele. Puramente especulativo e daí o shorts apostarem na queda do titulo, sendo impossivel desta forma atrair investidores sólidos de médio/longo prazo. Não recomendável para pequenos investidores, apenas para shorts profissionais.

BCP a descer MAS PORQUÊ 06.10.2017

SE PARA A SEMANA VÃO SUBIR OUTRA VEZ OS RATINGS DO MILENIUM BCP E DE PORTUGAL isto é tudo gente doida PÕE - SE a vender SEM PENSAR

Saber mais e Alertas
pub